Repositório Digital

A- A A+

Mudança nas exigências das medidas de prevenção e proteção contra incêndio em edificações devido à nova legislação (Lei Kiss) : análise teórica e aplicação em uma edificação de uso comercial

.

Mudança nas exigências das medidas de prevenção e proteção contra incêndio em edificações devido à nova legislação (Lei Kiss) : análise teórica e aplicação em uma edificação de uso comercial

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Mudança nas exigências das medidas de prevenção e proteção contra incêndio em edificações devido à nova legislação (Lei Kiss) : análise teórica e aplicação em uma edificação de uso comercial
Autor Castro, Eduardo Farias de
Orientador Graeff, Ângela Gaio
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia Civil.
Assunto Engenharia civil
Resumo A segurança contra incêndio é de extrema importância, principalmente devido às características dos centros urbanos atuais, onde existem cada vez mais edifícios multipavimentos com altura cada vez mais elevada. Infelizmente, como demonstra o incêndio na Boate Kiss, no Brasil, essa área de conhecimento não recebe a devida atenção, possuindo pouca legislação sobre o assunto. No período anterior ao incêndio da Boate Kiss, não existia lei estadual que determinasse as medidas de proteção contra incêndio que uma edificação deveria possuir, logo, utilizava-se de forma generalizada a lei municipal de Porto Alegre. Após o incêndio em Santa Maria, foi criada a Lei Complementar 14.376/13 (Lei Kiss), que trouxe mudanças em comparação com a Lei Complementar nº 420/98 de Porto Alegre, sendo que essa mudança da legislação e a importância da segurança contra incêndio para a engenharia serviram de motivação para elaboração deste trabalho. O trabalho versa sobre a comparação quanto à diferença entre as de medidas de proteção contra incêndio, que são exigidas, tanto pela Lei Complementar nº 420/98, quanto pela Lei Kiss, com o intuito de esclarecer em quais aspectos a nova legislação tornou a prevenção contra incêndios mais rigorosa. A revisão da literatura sobre segurança contra incêndio auxilia no entendimento sobre o assunto, o que deve possibilitar a melhor compreensão sobre a prevenção contra incêndio e as situações de risco. Posteriormente, no trabalho, foram feitas as comparações entre as classificações das edificações quanto a suas características físicas e classes de risco, quanto às medidas de proteção contra incêndio que são cobradas em cada situação específica por cada uma das Leis. Para o melhor entendimento das comparações, devido ao grande número de situações de risco e de medidas de proteção, foram elaborados quadros comparativos. Essa comparação permitiu a visualização de forma mais clara das diferenças, incluindo as conceituais, entre as duas leis que regulamentam ou regulamentavam a proteção contra incêndio em Porto Alegre e no Estado do Rio Grande do Sul. Tornou-se evidente que em muitos aspectos a Lei Kiss impõe mais medidas, sendo mais rigorosa nas exigências, enquanto em outros aspectos, como hidrantes, as exigências são semelhantes. Na tentativa de facilitar a visualização e compreensão das mudanças advindas da Lei Kiss, nas exigências de segurança contra incêndio, decidiu-se pela elaboração de dois projetos de prevenção e proteção contra incêndio de uma edificação comercial, sendo cada projeto baseado nas exigências de uma das Leis. Assim, foi realizado uma comparação mais objetiva e aplicada, na tentativa de também ser um breve guia de dimensionamento das medidas de segurança.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/138338
Arquivos Descrição Formato
000989242.pdf (11.93Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.