Repositório Digital

A- A A+

Impacto da obesidade em diferentes formas de tratamento da doença periodontal destrutiva : resultados preliminares

.

Impacto da obesidade em diferentes formas de tratamento da doença periodontal destrutiva : resultados preliminares

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Impacto da obesidade em diferentes formas de tratamento da doença periodontal destrutiva : resultados preliminares
Autor Cavagni, Juliano
Orientador Oppermann, Rui Vicente
Co-orientador Susin, Cristiano
Data 2011
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Odontologia. Programa de Pós-Graduação em Odontologia.
Assunto Antibioticos : Terapeutica
Obesidade
Periodontia : Doencas
Periodontia : Tratamento
[en] Antibiotics
[en] Body mass index
[en] Metronidazole
[en] Obesity
[en] Periodontitis
Resumo Objetivo: Comparar o efeito do tratamento periodontal não-cirúrgico associado ou não a antibiótico nos parâmetros clínicos periodontais em mulheres de peso normal ou obesas após 3 meses de acompanhamento. Materiais e Métodos: Foi realizado um ensaio clínico randomizado, controlado por placebo, em paralelo, incluindo 28 mulheres (35-55 anos) 15 de peso normal e 13 obesas. Fumantes, diabéticas e com sobrepeso não foram incluídas. As pacientes foram alocadas randomicamente para receber placebo ou metronidazol (400mg, 3x/dia durante 10 dias). Todos os dentes receberam raspagem e alisamento radicular subgengival durante o uso da medicação. Os parâmetros clínicos periodontais foram avaliados por um examinador treinado e calibrado no início e 3 meses após o tratamento. Resultados: Todos os parâmetros clínicos apresentaram melhora durante o período de acompanhamento. Placa visível foi maior nos grupos recebendo placebo quando comparado aos que receberam metronidazol; entretanto essa diferença não foi significativa (p=0,50). Sangramento gengival e sangramento à sondagem foram observados em aproximadamente 10% e 25% dos sítios respectivamente, não sendo observadas diferenças significativas entre os grupos (p=0,36 e 0,83, respectivamente). A redução na profundidade de sondagem variou entre 0,59 ± 0,17 e 1,03 ± 0,39mm e o ganho de inserção clínica variou entre 0,34 ± 0,37 e 0,52 ± 0,45mm. Não foram observadas diferenças estatisticamente significativas entre os grupos experimentais para estes parâmetros (p=0,09 e 0,76, respectivamente). Conclusão: Considerando as limitações desta análise preliminar, obesidade parece não afetar negativamente os resultados da terapia periodontal não-cirúrgica. Além disso, não foi observado benefício adicional com o uso do metronidazol.
Abstract Aim: To compare the effect of nonsurgical periodontal therapy and systemic antibiotic on clinical parameters of normal weight and obese women after 3 months of follow-up. Material and Methods: A double-blind, placebo-controlled, parallel randomized clinical trial was conducted including 28 women (35-55 years-old, 15 normal weight/13 obese). Smokers, diabetics and overweighted women were not included. Patients were randomly allocated to receive placebo or metronidazole (400mg TID for 10 days). All teeth were scaled and root planned while the patients were taking the medication. Clinical measurements were carried out by a calibrated examiner at baseline and 3 months. Results: All clinical parameters improved over the follow-up period. Visible plaque was higher in groups receiving placebo than metronidazole; however, this difference was not significant (p=0.50). Gingival bleeding and bleeding on probing were observed, respectively, in less than ~10% and ~25% of sites and no significant differences were observed among groups (p=0.36 and 0.83, respectively). Probing depth reduction ranged between 0.59 ± 0.17 and 1.03 ± 0.39mm and clinical attachment gain ranged between 0.34 ± 0.37 and 0.52 ± 0.45mm. No significant differences were observed among experimental groups for these parameters (p=0.09 and 0.76, respectively). Conclusion: Within the limitations of these preliminary findings, obesity does not seem to affect negatively the clinical outcomes of nonsurgical periodontal therapy. Moreover, no additional benefit was observed with the use of metronidazole.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/138339
Arquivos Descrição Formato
000777728.pdf (3.961Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.