Repositório Digital

A- A A+

Atributos sustentáveis em empreendimentos residenciais : custos e benefícios e análise da preferência de clientes

.

Atributos sustentáveis em empreendimentos residenciais : custos e benefícios e análise da preferência de clientes

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Atributos sustentáveis em empreendimentos residenciais : custos e benefícios e análise da preferência de clientes
Autor Pirolli, Manuela
Orientador Rocha, Cecilia Gravina da
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia Civil.
Assunto Engenharia civil
Resumo Os impactos ambientais causados pelas edificações ao longo do seu ciclo de vida reforçam a urgência na tomada de ações mitigadoras. Além da adoção de premissas construtivas e de materiais mais sustentáveis para a execução dos empreendimentos, é possível incluir no projeto atributos que tornarão esses empreendimentos mais sustentáveis durante sua ocupação pelos usuários. Entretanto, a visão recorrente entre os profissionais e clientes finais da construção civil é de que a sustentabilidade tem custo elevado. É neste interim que a identificação do interesse dos clientes por atributos sustentáveis se torna necessária, de forma que as empresas possam investir em sustentabilidade com confiança de estar oferecendo um produto desejado por seus clientes. Estudos indicam que os consumidores somente aceitam os sacrifícios (maior preço) das ações mais sustentáveis se os benefícios (economia nas contas ou contribuição para o meio ambiente) forem suficientes, de acordo com seu julgamento pessoal. Assim, este trabalho buscou identificar qual a preferência dos clientes de um empreendimento residencial da cidade de Porto Alegre por atributos sustentáveis, considerando o custo e o benefício de cada atributo. Foram enviados questionários online para o público-alvo adotado, obtendo-se 33 respostas (taxa de retorno de 26%). A pesquisa compreendeu seis atributos sustentáveis, para os quais estimou-se o acréscimo que representariam no preço de compra do imóvel e seu benefício – econômico ou ambiental. Exibindo apenas o benefício, questionou-se qual a ordem de preferência pelos atributos. O resultado, do mais preferido ao menos, foi: painéis fotovoltaicos, reaproveitamento de água da chuva, lâmpadas LED, piso permeável, portas com madeira certificada e tintas de baixa emissão de compostos orgânicos voláteis. Quando apresentados juntamente com seu acréscimo no preço do imóvel, os três atributos que mais pessoas estariam dispostas a pagar foram: lâmpadas LED (73%), reaproveitamento de água da chuva (61%) e painéis fotovoltaicos (36%). Os outros três atributos – apresentados apenas com um benefício de cunho ambiental – ocuparam novamente as últimas posições. O resultado indica que os clientes investiriam em itens de sustentabilidade na compra de um imóvel, e que realizam uma análise custo-benefício na sua decisão (o atributo mais desejado, as lâmpadas LED, é o que apresenta menor tempo de retorno do investimento). Além disso, os atributos que proporcionam retorno financeiro (benefício individual) se mostraram mais atrativos em relação aos que somente reduzem o impacto ambiental (benefício coletivo).
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/138356
Arquivos Descrição Formato
000989435.pdf (8.346Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.