Repositório Digital

A- A A+

Decomposição foliar e macroinvertebrados aquáticos em um sistema lótico neotropical

.

Decomposição foliar e macroinvertebrados aquáticos em um sistema lótico neotropical

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Decomposição foliar e macroinvertebrados aquáticos em um sistema lótico neotropical
Autor Barbosa, André Frainer
Orientador Rodrigues, Gilberto Gonçalves
Data 2008
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Biociências. Programa de Pós-Graduação em Ecologia.
Assunto Biomonitoramento
Decomposição foliar
Macroinvertebrados
Resumo O aporte de material foliar em sistemas lóticos de pequeno e médio porte é responsável pela maior parte da energia e matéria que entra nesses ambientes. Esse material passa por um processo de decomposição natural, o qual é afetado por diversos fatores, como pela presença de microorganismos decompositores, macroinvertebrados fragmentadores ou devido às condições físicas e químicas da água. Porém, enquanto que em regiões temperadas os organismos retalhadores são reconhecidamente importantes para o processamento do material foliar, em regões tropicais e sub-tropicais esses organismos parecem não participar tão ativamente da decomposição foliar. Nesse trabalho, estudamos áreas influenciadas por diferentes graus de antropização, objetivando verificar a influência de atividades agrícolas na decomposição foliar, bem como a relação dos invertebrados retalhadores neste processo de decomposição. Procuramos, também, avaliar a validade do uso de índices biológicos já existentes para países da América Latina na detecção de impacto ambiental na bacia hidrográfica em estudo. Os experimentos de decomposição foram realizados na Bacia Hidrográfica Lajeado Grande, noroeste do Rio Grande do Sul. Nessa bacia hidrográfica, oito sítios amostrais foram selecionados e tiveram suas características físicas e químicas mensuradas. Em cada sítio, bolsas-de-folhiço contendo 4g de Ocotea puberula (Lauraceae) foram expostas e retiradas mensalmente até o fim da decomposição foliar. Verificou-se que constituintes físicos dos trechos amostrados, como frações da fácie areia, influenciam a decomposição foliar negativamente (p = 0,0022), enquanto que o gradiente de uso da terra analisado não demonstrou afetar a decomposição foliar (p = 0,3328). Por outro lado, a vazão, característica desse sistema de corredeiras, mostrou-se responsável pela ação de disruptura do material foliar com maior intensidade do que a ação de macroinvertebrados bentônicos. Os valores de densidade, abundância e riqueza dos macroinvertebrados fragmentadores foram afetados negativamente pela vazão da água. Esses organismos apresentaram, assim, maior abundância e densidade nos tratamentos com menor vazão d’água e com a decomposição foliar mais lenta (p = 0,0019). Estes resultados reforçam outros estudos realizados em sistemas neotropicais que atestam que a decomposição foliar nessa região sofre maior influência das variáveis físicas do que da atividade dos macroinvertebrados aquáticos, ao menos no que se refere aos invertebrados retalhadores. O uso dos organismos relacionados ao processo de decomposição foliar, na aplicabilidade de índices biológicos, também necessita de estudos mais específicos, uma vez que os índices existentes para a América Latina contemplam poucas regiões do continente.
Abstract Litter fall in small and medium sized lotic systems is responsible for most of the energy and matter input into these ecosystems. After the input of this material, it will be decomposed by several factors, such as some physical water properties or the feeding behavior of shredders and the presence of decomposer microorganisms. In temperate regions, invertebrate shredders are well recognized to influence leaf decomposition. In tropical and sub-tropical regions, however, these organisms seem not to present such important function. In this work we studied some areas affected by human disturbance aiming to verify the importance of land- use gradients to leaf decomposition as well as the role of shredders on this ecological process. We also analyzed the applicability of rapid biological assessments on the studied catchment using indexes already proposed for other Latin America regions. The study was conducted on Lajeado Grande Basin, southern Brazil. There, eight sites were selected and had some physical and chemical properties measured. In each site, four riffles were chosen which were considered as replicates. In these riffles, litter-bags made of 4g Ocotea puberula (Lauraceae) leaves were exposed and retrieved monthly until the end of the decomposition. We verified that some physical constituents of the sites, as percentage of sand, influenced leaf decomposition negatively (p = 0.0022), while the analyzed land- use gradient did not affect leaf decomposition (p = 0.3328). On the other hand, water discharge - another physical characteristic from these systems - was responsible for the leaf- litter breakdown with more intensity than shredders were. Shredders’ density and abundance were affected negatively by water discharge and presented greater numbers at the slow breakdown riffles (p = 0.0019). These results are in agreement with studies from other neotropical systems, which suggest that leaf decomposition in this region is more affected by physical variables than by biological activity, at least for macroinvertebrate shredders. The use of the organisms that colonize leaf material to the applicability of biological assessments also needs more studies, once the existing indexes for their use in Latin America are appropriate for just a few regions.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/13859
Arquivos Descrição Formato
000656024.pdf (1.317Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.