Repositório Digital

A- A A+

Concepções alternativas de estudantes do ensino médio sobre ácidos e bases : um estudo de caso

.

Concepções alternativas de estudantes do ensino médio sobre ácidos e bases : um estudo de caso

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Concepções alternativas de estudantes do ensino médio sobre ácidos e bases : um estudo de caso
Autor Oliveira, Aline Machado de
Orientador Rocha, Joao Batista Teixeira da
Data 2008
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Ciências Básicas da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde.
Assunto Ácidos
Álcalis
Aprendizagem
Ciências
Ensino
Ensino médio
[en] Acids
[en] Alternative conceptions
[en] Bases
[en] Science education
Resumo Esta pesquisa procura identificar as concepções alternativas dos alunos sobre ácidos e bases. A pesquisa foi realizada envolvendo 203 alunos do Ensino Médio, dos quais 111 alunos da 1ª série e 92 alunos da 3º série. O instrumento utilizado para a obtenção de dados foi essencialmente constituído por questões abertas onde os alunos descreveram seus conceitos sobre ácidos e base. Os resultados desse estudo mostraram um índice significativo de respostas que relacionavam o termo ácido a algo corrosivo, que queima e que é prejudicial à saúde. Além disso, em geral, quando abordavam a questão pela via da definição, se referiam apenas ao modelo de Arrhenius. O estudo mostra ainda, que os estudantes do ensino médio apresentam apenas um aprendizado superficial sobre o que são ácidos e bases o que relata uma triste realidade do ensino de ciências no país. Ensinam-se coisas complexas demais para os estudantes que, deste modo, não conseguem se apropriar dos saberes em questão. São sugeridas algumas alternativas de aulas que poderiam tornar os conceitos de ácidos e bases mais concretos para os estudantes. Entretanto, as mudanças propostas serviriam para melhorar o ensino de ciências, mas principalmente para as classes alta e média não atingindo a maioria da população. Conclui-que o ensino tem função de exclusão social e não visa formar um cidadão crítico.
Abstract This research aims to identify the students' alternative conceptions of acids and bases. The study was done with 203 high school students, of which 111 were on the first year and 92 were on the third year of high school. Open questions were used to acquire the information needed, for these, the students wrote their concepts on acid and base. The results of the study show a significant index of answers that related to the term acid, as something corrosive that burns and hazardous to our health. Furthermore, in general, when they dealt with the questions by way of definition, the students referred only to the Arrhenius model. In addition, the study shows that high school students show a very superficial knowledge about what are acids and bases. And that is a sad reality of the science education in our country. Schools teach complex information not allowing students to learn the important features of the subject.Through out the study, alternative class plans are suggested in order to turn the concepts of acid and base more approachable to the students. Although this suggested changes would only improve the learning process in the higher classes of society, not reaching the majority of the poorer population. In conclusion, education has the bases for exclusion not aiming to form critic citizens.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/13870
Arquivos Descrição Formato
000656392.pdf (302.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.