Repositório Digital

A- A A+

Determinação de prata em resíduo biossólido de tratamento de água e esgoto por espectrometria de absorção atômica com forno de grafite

.

Determinação de prata em resíduo biossólido de tratamento de água e esgoto por espectrometria de absorção atômica com forno de grafite

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Determinação de prata em resíduo biossólido de tratamento de água e esgoto por espectrometria de absorção atômica com forno de grafite
Autor Antoniazzi, Lucas Quadros
Orientador Dessuy, Morgana Bazzan
Co-orientador Borges, Aline Rocha
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Química. Curso de Química: Bacharelado.
Assunto Espectrometria de absorcao atomica em forno de grafite
Lodo ativado
Prata
Resumo Tendo em vista a demanda e a oportunidade do reuso de metais com agregado valor econômico, os quais são acumulados nos resíduos biossólidos gerados nas estações de tratamento de água e esgoto, se faz necessária a sua determinação. Dentre estes, a prata, metal nobre mais extraído e utilizado no mundo, encontra-se presente em quantidade considerável de acordo com pesquisas já realizadas. Neste trabalho foi desenvolvido um método analítico simples e rápido para a determinação de prata no lodo gerado durante o tratamento de água e esgoto, pela análise direta de amostras sólidas utilizando a espectrometria de absorção atômica de alta resolução com fonte contínua e forno de grafite (HR-CS GF AAS), em que o preparo das amostras é mínimo. Parâmetros importantes do método analítico como massa de amostra a ser utilizada, programa de temperatura e necessidade do uso de modificador químico foram investigados. As curvas de calibração foram construídas empregando-se soluções padrão aquosas. Os limites de detecção e quantificação obtidos para o método foram de 0,37 μg kg-1 e 1,22 μg kg-1, respectivamente. A faixa de concentração de prata encontrada nas diferentes amostras foi de 1,1 μg L-1 para a amostra líquida a 91,9 μg kg-1 para amostra sólida. O método desenvolvido se mostrou rápido e adequado para a determinação de prata por HR-CS GF AAS, tanto empregando a amostragem líquida quanto a análise direta de amostras sólidas. O resultado obtido para o teste de recuperação foi de 86% e os valores encontrados na análise do material de referência foram concordantes com o valor informativo, de acordo com o teste t, para o intervalo de confiança de 99,9%.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/139083
Arquivos Descrição Formato
000988672.pdf (875.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.