Repositório Digital

A- A A+

Melhora da adesão de filmes poliméricos modificados superficialmente por radiação uv/vuv assistida

.

Melhora da adesão de filmes poliméricos modificados superficialmente por radiação uv/vuv assistida

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Melhora da adesão de filmes poliméricos modificados superficialmente por radiação uv/vuv assistida
Autor Titton, Matheus Medeiros
Orientador Weibel, Daniel Eduardo
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Química. Curso de Química Industrial.
Assunto Hidrofilicidade
Irradiação ultravioleta
Polímeros
Polipropileno
Resumo Os polímeros têm sido empregados em inúmeras áreas, porém, muitas vezes não possuem as propriedades superficiais adequadas para seus fins. Assim, seu valor econômico é reduzido em função de sua baixa adesão a outros materiais. Uma das maneiras de se melhorar a adesão de materiais poliméricos é através da modificação superficial por irradiação ultravioleta (UV) e UV de vácuo (VUV) sob uma atmosfera reativa. Filmes de um elastômero termoplástico estireno-butadieno-estireno (SBS-BR) e polipropileno (PP) foram modificados superficialmente, visando um aumento na hidrofilicidade, melhorando sua adesão com cola epóxi. As amostras de SBS-BR foram irradiadas com UV em diferentes tempos e em presença de oxigênio ou ácido acrílico (AA). Já as amostras de PP foram irradiadas com radiação VUV e posterior exposição à oxigênio, verificando-se, por medidas de ângulo de contato com água, um aumento da hidrofilicidade quando o tempo de exposição aumentava. As análises de espectroscopia no infravermelho com transformada de Fourier (FTIR), com a utilização do acessório de refletância total atenuada (ATR), confirmaram a presença de novos grupos funcionais, C=O, na superfície polimérica após os tratamentos. A adesão foi investigada mediante a aplicação de uma camada de cola epóxi sobre a superfície tratada da amostra e submetida a um teste de arranque. De acordo com os testes, a adesão das amostras tratadas aumentou em até 20 vezes, dependendo do tratamento e tipo de polímero utilizado. Foi verificado, então, que a adesão aumenta conforme o tempo de irradiação. A metodologia de enxerto de grupos funcionais hidrofílicos na superfície dos filmes demonstrou a eficiência do método utilizado.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/139101
Arquivos Descrição Formato
000987649.pdf (1.020Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.