Repositório Digital

A- A A+

Acarofauna associada ao agroecossistema de Vitis vinifera L., em Santana do Livramento, RS, Brasil

.

Acarofauna associada ao agroecossistema de Vitis vinifera L., em Santana do Livramento, RS, Brasil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Acarofauna associada ao agroecossistema de Vitis vinifera L., em Santana do Livramento, RS, Brasil
Autor Moura, Raquel Bottini de
Orientador Ott, Ana Paula
Data 2012
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Agronomia. Programa de Pós-Graduação em Fitotecnia.
Assunto Ácaro
Entomologia
Fitotecnia
Uva
Resumo A produção de uvas no Brasil concentra-se principalmente nas Regiões Sul, Sudeste e Nordeste. A Serra Gaúcha é a maior produtora, porém tem-se observado um aumento de área cultivada na fronteira Oeste do Estado. No Rio Grande do Sul, levantamentos da acarotàuna de vinhedos tiveram início no final da última década, decorrentes de sucessivas infestações que os elevaram ao status de praga em detenninadas varietais. Este estudo teve como objetivo o conhecimento da comunídade de ácaros plantícolas associados a Vitis vinifera L. presentes nas folhas de videira e na vegetação espontânea de vinhedos das varietais Cabemet Sauvignon e Merlot na vinícola Almadén Ltda no munícípio de Sant' Ana do Livramento, RS. Foram rea lizadas coletas de fo lhas de videira no período de janeiro-maio/2010 e setembro/201 0- março/2011 , onde, de 30 plantas de cada varietal: Cabemet Sauvignon e Merlot, foram retiradas três fo lhas. Nos períodos de jtmho/201 O a jtmho/20 11 foram feitas amostragens da vegetação espontânea, sendo sorteadas 10 linhas por vinhedo em cada varietal, de onde co letava-se em cada uma das linhas, um ramo de cada uma das quatro plantas mais comtms nos vinhedos: Bidens pilosa L.; Raphanus raphanistrum L.; Sida rhombifolia L. e Solanum americanum Mill. No total foram co letados 4.045 ácaros, entretanto, apenas adultos, larvas e níntàs de detemlinadas espécies puderam ser identificadas, perfazendo um total de 3.204 espécimes. Destes, 1.360 em Cabemet Sauvignon, 1.676 em Merlot e 168 na vegetação espontânea. Das 18 espécies registradas, Brevipalpus phoenicis (Geij skes) e Steneotarsonemus sp. foram os ácaros fitófagos dominantes em ambas as varietais, porém na vegetação espontânea, B.phoenicis teve ocorrência acidental. Entre os ácaros predadores, Neoseiulus californicus (McGregor) foi o mais representativo nas fo lhas de videira enquanto na vegetação espontânea o ácaro mais abundante foi Typhlodromalus aripo (Moraes & MacMurtry). Quatro espécies de fitó tàgos e duas de predadores foram compartilhadas entre as varietais e a vegetação espontânea, sugerindo que ocorra a movimentação dessas espécies entre os agroecossistemas. A acarofauna presente nas fo lhas de videira das duas varietais não apresentou diferença signíficativa, mas foi menor em relação à acarotàuna da vegetação espontânea. Neste estudo, foi registrado pela primeira vez, a ocorrência das espécies Tarsonemus confusus (Ewing) e Phytonemus pallidus (Banks) na cultura da videira no Brasil.
Abstract The production o f grapes in Brazil concentrates main ly on the Southem, Southeast and Northeast Regions ofthe cotmlry. The Serra Gaucha is the largest producer o f grapes and vine, but recently vine grape production has been increased in dryer Pampa's grassland areas at the westem border o f the state. The survey and study o f the mite fatma associated to vine grapes in Rio Grande do Sul has increased since the end of the last decade. This actions where started dueto successive mite infestations which have contributed to elevate mites to a plague status in certa in grape varieties. 11us study had as objective the enhancement o f the knowledge o f nute commtmity associated to Vitis vinifera L. present on grape leaves and on the spontaneous vegetation of vineyards of Cabemet Sauvignon and Merlot varieties of vineyards of the Vinícola Almadén Ltda. located in the Sant'Ana do Livramento Count.y, Rio Grande do Sul. Collections of vineyard leaves were accomplished in the period of January to May 20 10 and September 20 10 to March 20 11. In each samp le date 30 plants in three vineyards of each variety: Cabemet Sauvignon and Merlot have three leaves removed. From Jtme 2010 to June 20 11 samples of spontaneous vegetation where taken on 10 random chosen !ines in vineyards of each varietal on where were collected one branch o f each one o f the four more common plants present in the vineyards spontaneous vegetation: 8idens pilosa L.; Raphanus raphanistrum L.; Sida rhombifolia L. and Solanum americanum Mill. The total ammmt o f nutes removed from the leaves and branches o f spontaneous vegetation were 4,045 specimens, 3,204 belongig to identifiable adults, larvas and nymphs. Ofthese, 1,360 were collected in Cabemet Sauvignon, 1,676 in Merlotand 168 in thespontaneous vegetation. Among the predator mites, N californicus (McGregor) was the most representative in the vineyard leaves while in the spontaneous vegetation the most abtmdant nute was T aripo (Moraes & MacMurtry). Four phytotàgous species and two predator species were present at both vineyards and spontaneous vegetation suggesting a nugration ofthose species among these environments. The mite tàuna present on the leaves ofboth varieties didn't present s ignificant numerical difference, but was significantly smaller in relation to the nute numbers registered on the spontaneous vegetation. The presence o f the species Tarsonemus confusus (Ewing) and Phytonemus pallidus (Banks) were registered for lhe first time in the grape culture in Braz i!.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/139115
Arquivos Descrição Formato
000989421.pdf (1.622Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.