Repositório Digital

A- A A+

Tomografia computadorizada de alta resolução no estudo das alteraçõess torácicas na fibrose cística

.

Tomografia computadorizada de alta resolução no estudo das alteraçõess torácicas na fibrose cística

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Tomografia computadorizada de alta resolução no estudo das alteraçõess torácicas na fibrose cística
Autor Kauer, Carmen Lucia
Orientador Ilha, Darcy de Oliveira
Data 1995
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Curso de Pós-Graduação em Pneumologia.
Assunto Bronquiectasia
Fibrose cística : Diagnóstico
Tomografia computadorizada
Resumo O trabalho avalia a contribuição da tomografia computadorizada de alta resolução (TCAR) para o estudo das alterações torácicas na fibrose cística, através da comparação com o exame radiologico convencional do tórax (ERCT). Determina os achados patológicos de 25 pacientes (com 5 a 17 anos) na TCAR e os compara com os identificados no ERCT. Os exames foram realizados em sucessão imediata. Utilizaram-se cortes axiais de 2 mm de espessura, com ]Omm de intervalo entre eles; tempo de rastreamento de 1,4 e 2,0 s; 125 kV e 150 mA. As TCAR foram fotografadas em 3 janelas de densidades apropriadas ao estudo do tórax: parênquima (nível-l024 e janela de 1200 a 2050), brônquios (nível- 550 a - 1000 e janela 1700 a 2300) e mediastino (nível - 30 a -80 e janela 320 a 500). Os achados mais freqüentemente detectados na TCAR do que no ERCT são: espessamento brônquico (100 %), bronquiectasias cilíndricas (96 %), adenomegalias (92 %), impacção mucóide (84 0/0), consolidação e/ou atelectasia (48 %), espessamento pleural costal (32 %), bolhas (20 %) e enfisema localizado (8 %). Bronquiectasias císticas (52 %) e deformação e/ou espessamento das cissuras (60 %) foram mais freqüentes no ERCT. A identificação de alterações das VIas aéreas nos segmentos broncopulmonares foi significativamente superior na TCAR (p<0,05). Em ambos exames, os lobos à direita foram mais freqüentemente comprometidos, especialmente o superior. Verificou-se, em 16 % das TCAR, espessamento do tecido intersticial ao longo dos feixes broncovasculares dos segmentos basais de ambos os pulmões, incluil1do vasos venosos e a gordura presente entre estas diferentes estruturas. A aplicação de sistema de escores para os achados da TCAR permite avaliação mais objetiva da extensão e intensidade das alterações detectadas, diminuindo o componente subjetivo da interpretação radiológica. A TCAR contribui para o entendimento da natureza de alguns achados do ERCT.
Abstract This study evaluate the contribution of high resolution computed tomography (HRCT) in assessing thoracic involvement in cystic fibrosis, as compared to chest plain radiography (CPR). The HRCT findings of 25 patients (5 to 17 years old) were determined and compared with those obtained by CPR. The two investigations were performed in elose succession. Sections 2 mm thick were obtained at 10 mm intervals with IA to 2.0 s acquisition time at 125 kV and 150 mA. AlI images were photographed at three leveIs and windows settings appropriated for evaluation of the thorax: parenchyma (widths 1200 to 2050 at leveI -1024), bronchi (widths 1700 to 2300 at leveI -550 to -] 000) and mediastinum (widths 320 to 500 at leveI -30 to -80). The findings more frequently detected by HRCT than by CPR were: peribronchial thickening (100 %), cylindrical bronchiectasis (96 %), adenomegaly (92 %), mucus plugging (84 %), consolidationlatelectasis (48 %), costal pleural thickening (32 %), bullae (20 %) and local emphysema (8 %). Cystic bronchiectasis (52 0/0) and fissures deformationlthickening (60%) were more frequent1y detected by CPR. Detection of airways abnormalities in the bronchopulmonary segments was significant1y superior by HRCT (p<0,05). By either exam the right lobes were more frequently involved, specially the upper lobe. Thickening of the intersticial tissue along the bronchovascular bundles in bilateral basilar segments, ineluding venous vessels and the fat present between these different structures, were manifested in ]6 % of the HRCT exams. The use of a scoring system to HRCT findings allows a more objetive evaluation of the extent and severity of the abnormalities detected and diminish the subjective component of radiographic interpretation. HRCT did contribute to the understanding ofthe pathologic nature of some CPR findings.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/139226
Arquivos Descrição Formato
000171164.pdf (13.25Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.