Repositório Digital

A- A A+

Avaliacao do uso da pleuroscopia no tratamento do empiema pleural agudo, fase fibrinopurulenta

.

Avaliacao do uso da pleuroscopia no tratamento do empiema pleural agudo, fase fibrinopurulenta

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliacao do uso da pleuroscopia no tratamento do empiema pleural agudo, fase fibrinopurulenta
Autor Pinto Filho, Darcy Ribeiro
Orientador Camargo, José de Jesus Peixoto
Data 1998
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Curso de Pós-Graduação em Pneumologia.
Assunto Empiema pleural : Cirurgia
Toracoscopia
Resumo O estudo descreve a evolução de uma série de 50 pacientes submetidos à pleuroscopia convencional para tratamento de empiema pleural fase fibrinopurulenta, no Serviço de Cirurgia Torácica da Universidade de Caxias do Sul, RS. Através da análise bivariada, foram identificados três fatores prognósticos desfavoráveis ao desfecho - resolução do empiema: mau estado geral dos pacientes, presença de germes anaeróbios no líquido pleural e expansibilidade pulmonar parcial no pós-operatório imediato (p < 0,001). A criação de um índice prognóstico derivado do modelo multivariado, composto pela combinação destes três fatores prognósticos, permitiu a identificação da importância destes fatores na resolução do empiema. Nos pacientes em que nenhum ou apenas um dos três fatores foi identificado (43 pacientes), houve 100% de resolução do empiema. A presença de dois fatores (3 pacientes) determinou a resolução do empiema em 33,3% dos casos. Nos 4 pacientes restantes, em que foram identificados os 3 fatores, nenhum apresentou resolução do empiema através da pleuroscopia. O método permitiu a resolução do empiema em 90% dos casos. O período médio de permanência hospitalar foi de 12,3 dias ± 5,7 para os pacientes com resolução do processo infeccioso e de 21 ,2 ± 5,1 para os casos de insucesso terapêutico. A morbidade e a mortalidade foram de 14% e de 4%, respectivamente. A realização de tomografia computadorizada ou ecografia torácica para identificar corretamente a presença das septações pleurais foi necessária em 23 pacientes (46%), o que os torna critério indispensável à indicação da pleuroscopia no tratamento do empiema pleural fase fibrinopurulenta.
Abstract This study describes the evolution of a series of fifty(50) patients that underwent conventional pleuroscopy for lhe treatment of pleural empyema in the fibrinopurulent stage at lhe Thoracic Surgery Unit of the University of Caxias do Sul, RS. A bi-varied analysis identified three unfavorable prognostic factors for the resolution of the empyema : a general bad health condition of lhe patients, the presence of anaerobe germs in the pleural liquid, and partial pulmonary expansibility during the early postoperative period. ( p<0,001) The creation of a prognostic indicator from a multi-varied model, made up by the combination of three prognostic factors, helped to identify the importance of these factors in the resolution of the empyema. In lhe patients where none of the three factors were identified (43 patients) there was 100% resolution of the empyema. The presence of two factors (3 patients) determined the resolution of the empyema in 33,3% of the cases. In the remaining 4 patients the three factors were identified and none of them presented resolution of the empyema by means of a pleuroscopy. The method led to the resolution of empyema in 90% of the cases. The average in-hospital period ranged from 12,3 days ± 5, 7 for patients whit resolution of the infectious process and 21,2 ± 5,1 for the cases of therapeutic failure. Morbidity reached 14% and mortality 4%. Computed tomography and thoracic ecography in arder to accurately identify the presence of pleural sepsis were necessary for 23 patients(46%), wich proves theses procedures are indispensable criteria for the indication of pleuroscopy in the treatment of pleural empyema in the fibrinopurulent stage.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/139274
Arquivos Descrição Formato
000249604.pdf (8.010Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.