Repositório Digital

A- A A+

Docência compartilhada nos anos iniciais do ensino fundamental sob a perspectiva discente

.

Docência compartilhada nos anos iniciais do ensino fundamental sob a perspectiva discente

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Docência compartilhada nos anos iniciais do ensino fundamental sob a perspectiva discente
Autor Novak, Flávia Duarte
Orientador Uberti, Luciane
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Curso de Pedagogia: Licenciatura.
Assunto Ensino fundamental
Professor
Resumo O presente trabalho busca explorar o conceito de Docência compartilhada, tendo como objetivo central investigar, analisar e compreender as perspectivas e sentidos dados pelos alunos de uma turma de 5º ano do Ensino Fundamental sobre a experiência da Docência Compartilhada, bem como reconhecer e refletir sobre este exercício contribuindo para novas reflexões sobre a importância da implementação desta modalidade nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental. A questão norteadora foi elaborada da seguinte maneira: Na docência compartilhada, quais são as perspectivas dos alunos que vivenciaram esta experiência? As motivações para a escolha e desenvolvimento desta pesquisa estão relacionadas aos estudos sobre o tema realizados ao longo da graduação, juntamente com a experiência do estágio curricular obrigatório e a participação de debates sobre a inclusão da Docência Compartilhada no Colégio de Aplicação, local do estudo de caso. Este trabalho de conclusão fundamenta-se em Beyer (2005, 2006) para abordar o conceito de bidocência, Xavier (2004) e Uberti (2011) para referir sobre o Projeto Escola Cidadã, traçando um percurso desde sua gestação (XAVIER, 2004) à descoberta da necessidade de construção da Docência Compartilhada, a partir da execução do projeto o qual incluía a presença do Professor Itinerante. São também referidos os autores Traversini (2012), Curto (2000) e Garcia (2009) que tratam sobre o exercício da Docência Compartilhada, como também sobre a necessidade e importância da docência não ser uma prática individualista. A metodologia utilizada nesta investigação inspira-se nos achados de Lüdke e André (2001) e de Bogdan e Bilken (1982), os quais acreditam que a pesquisa qualitativa deve apresentar não somente o produto, mas sim trabalhar em cima das perspectivas dos participantes relacionando os sujeitos aos seus contextos sociais, históricos e culturais. A partir do presente estudo, considerando os limites dessa pesquisa, foi possível concluir que a docência é observada pelos alunos como uma maneira de facilitar a dinâmica na sala de aula, bem como melhorar o suporte aos colegas com mais dificuldades.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/139295
Arquivos Descrição Formato
000990208.pdf (395.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.