Repositório Digital

A- A A+

Agricultura urbana : contribuição para a qualidade ambiental urbana e desenvolvimento sustentável : estudo de caso - hortas escolares no município de Feliz/RS

.

Agricultura urbana : contribuição para a qualidade ambiental urbana e desenvolvimento sustentável : estudo de caso - hortas escolares no município de Feliz/RS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Agricultura urbana : contribuição para a qualidade ambiental urbana e desenvolvimento sustentável : estudo de caso - hortas escolares no município de Feliz/RS
Autor Comelli, Juliana Pasquetti
Orientador Sattler, Miguel Aloysio
Data 2015
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil.
Assunto Agricultura urbana
Desenvolvimento sustentável
Feliz (RS)
Horta escolar
Qualidade ambiental
[en] Food security
[en] Green areas
[en] Sustainable development
[en] Urban agriculture
[en] Urban environmental quality
Resumo O crescimento desordenado dos centros urbanos distancia o homem da natureza. Este cenário é intensificado com o crescimento populacional nas cidades, que poderá atingir, em 2030, 60% da população mundial. As ações do homem vêm transformando gradativamente o espaço habitado e essas transformações, muitas vezes são negativas, provocando a degradação e dete-rioração do ambiente urbano, tornando-o hostil e com condições de habitabilidade inadequa-das. A qualidade ambiental urbana depende de um conjunto de aspectos: sociais, ecológicos, biológicos, econômicos, tipológicos, tecnológicos e paisagísticos, estando diretamente ligada ao conforto no ambiente construído, no qual as áreas verdes cumprem um papel fundamental para manter o equilíbrio e são indicadores importantes da qualidade de vida. Muitas cidades não conseguem administrar adequadamente o rápido crescimento da população e enfrentam enormes desafios no planejamento e gerenciamento do espaço urbano. As situações econômi-cas e políticas instáveis, em adição a fenômenos naturais agravam ainda mais essa condição de vulnerabilidade. Dentro deste quadro, modelos econômicos mais justos e preocupações com a saúde e a alimentação, são questões que estão ganhando destaque no cenário mundial. Uma das alternativas que pode contribuir neste sentido é a Agricultura Urbana, que além de colaborar para a segurança alimentar, produzindo alimentos perto de seus consumidores, re-duz a pegada ecológica e contribui no aumento das áreas verdes das cidades e na diminuição de impactos sobre os recursos hídricos, entre outros. Diante desse contexto, o objetivo dessa dissertação é a investigação e análise das experiências das hortas escolares do município de Feliz como uma ferramenta educativa para a difusão de conhecimentos sobre a prática de produção de alimento no meio urbano. O método de pesquisa adotado foi o Estudo de Ca-so. A pesquisa foi desenvolvida em três fases: a primeira, definição e planejamento, trata da busca de referencial teórico sobre o tema, do planejamento da pesquisa e da seleção dos casos investigados; a segunda, preparação, coleta e análise, aborda a condução dos estudos de ca-sos investigados, procedimentos de coleta e análise dos dados e a terceira, análises e conclu-sões, versa sobre as análises dos dados e dos resultados obtidos. A investigação e observa-ção junto aos casos de estudo, escolas municipais e estaduais, somadas a órgãos do Estado, localizados no município de Feliz, no Estado do Rio Grande do Sul e seu contexto, resultou nas fontes de evidências da pesquisa. Os resultados indicaram que as atividades desenvolvi-das com os alunos envolvidos na implantação das hortas escolares e o envolvimento da co-munidade e técnicos de órgãos do Estado contribuem para a difusão de práticas de produção de alimentos no meio urbano, provendo a criação de espaços mais saudáveis e uma melhor qualidade de vida no meio urbano. Verificou-se, também, que o projeto horta escolar promove a participação social, desenvolvendo as habilidades coletivas dos alunos, integrando a comu-nidade escolar com a comunidade local e a sociedade civil organizada. Esses resultados apon-tam para um potencial a ser desenvolvido e explorado, sobre o papel da escola na difusão do conceito Agricultura Urbana, podendo a vir constituir uma proposta viável entre as políticas públicas.
Abstract The uncontrolled growth of urban centers distance man from nature. This scenario is intensi-fied with population growth in cities, which could reach, in 2030, 60% of the world popula-tion. Human activities have gradually been transforming the living space and these changes are often negative, causing the degradation and deterioration of the urban environment, mak-ing it hostile and with inadequate housing conditions. The urban environmental quality de-pends on a group of aspects: social, ecological, biological, economical, typological, techno-logical and landscaping and is directly linked to the environmental comfort of the buildings, in which the green areas play a key role in maintaining the balance and are important indica-tors of life quality. Many cities cannot properly manage the rapid growth of the population and face enormous challenges in the planning and management of urban space. The unstable economic and political situations, in addition to natural phenomena further aggravate this vul-nerable condition. Within this framework fairer economic models, health and nutrition are issues that are gaining prominence on the world stage. One of the alternatives that can con-tribute is the Urban Agriculture, which in addition to contribute to food security, by producing food close to its consumers, reduces the ecological footprint and helps increasing the green areas of cities and reducing impacts on resources water, among others. In this context, the aim of this thesis is to research the potential for integration of urban agriculture as a more sustain-able strategy for the production of food in a small city, from the analysis of case studies of school gardens in the town of Feliz. The research method adopted was the Case Study. The research was conducted in three phases: the first, definition and planning, deals with the search theoretical framework on the subject, the planning of the research and the selection of cases to be investigated; the second, preparation, collection and analysis, deals with the stud-ying of the researched cases and data collection and analysis and the third, analysis and con-clusions, deals with the analysis of the data and the results obtained. Research and observation together with the researched cases, municipal and state schools, added to State agencies, lo-cated in the town of Feliz in the state of Rio Grande do Sul and its context, are the sources of evidence for this research. The results indicated that the activities with the students involved in the implementation of school gardens and community involvement and technicians from State agencies contribute to the spread of food production practices in urban areas, providing the creation of healthier spaces and a better quality of life in urban areas. It was also verified that the school garden project promotes social participation, developing the collective skills of the students by integrating school community with the local community and organized civil society. These results point to a potential to be developed on the school's role in spreading the concept of Urban Agriculture that and may come to be a viable proposal in public policies.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/139382
Arquivos Descrição Formato
000989842.pdf (8.086Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.