Repositório Digital

A- A A+

A importância do crédito para as micro e pequenas empresas

.

A importância do crédito para as micro e pequenas empresas

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A importância do crédito para as micro e pequenas empresas
Autor Verdade, Ivanete de Freitas Cavalheri
Orientador Galli, Oscar Claudino
Data 2007
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Curso de especialização a distância: Gestão de negócios financeiros - Banco do Brasil.
Assunto Banco do Brasil.
Finanças
Financiamento
Gestão empresarial
Investimentos : Administracao financeira
Micro e pequenas empresas
Resumo O processo de globalização resultou em fortes mudanças nas organizações. As micro e pequenas empresas (MPE’s) não deixaram de ser atingidas pelas mudanças, pelo contrário, tiveram que estruturar-se e tornarem-se cada vez mais competitivas, num mercado onde se vê claramente uma forma desregulada de concorrência. O cenário nacional e as mudanças constantes obrigaram as MPE’s a apresentarem respostas criativas, rápidas e objetivas diante das exigências da sociedade atual. Uma gestão empresarial adequada e linhas de crédito que se ajustem às demandas dessas empresas são fundamentais para a sobrevivência neste mercado tão competitivo. A competitividade exige talento por parte das MPE’s, muito mais do que para as empresas médias e grandes, estas geralmente bem estruturadas e com facilidades para investimento e modernização. No Brasil a preocupação com a criação de MPE’s duradouras e a necessidade de diminuição das altas taxas de mortalidade dos novos empreendimentos são os motivos para a popularidade do termo “Microcrédito”, que tem recebido atenção por parte do governo e de entidades de classe tomando forma na década de 90 quando foram criados o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio à micro e Pequena empresa ) e o Programa de Crédito Brasil Empreendedor. Conclui-se que, o segredo do êxito, está no uso da tecnologia do crédito bem orientado, que reúne uma série de condições que, em seu conjunto, resulta num produto adequado às condições econômicas, gerenciais e culturais dessa clientela e de novas políticas de Crédito, as quais são necessárias para que as MPE’s brasileiras apresentem competitividade e sobrevivam às mudanças políticas e econômicas do País. Atualmente, existe uma preocupação maior por parte do governo, inclusive, a Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas, foi sancionada em dezembro/2006 pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, onde ele afirma; “que esse ato será um divisor de águas para os empresários e para o desenvolvimento do País”.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/13975
Arquivos Descrição Formato
000649616.pdf (262.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.