Repositório Digital

A- A A+

Efeito de diurético e de dieta hipossódica em pacientes com apneia obstrutiva do sono grave : um ensaio clínico randomizado

.

Efeito de diurético e de dieta hipossódica em pacientes com apneia obstrutiva do sono grave : um ensaio clínico randomizado

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Efeito de diurético e de dieta hipossódica em pacientes com apneia obstrutiva do sono grave : um ensaio clínico randomizado
Autor Martinez, Cintia Zappe Fiori
Orientador Martinez, Denis
Data 2016
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde: Cardiologia e Ciências Cardiovasculares.
Assunto Apnéia do sono tipo obstrutiva
Dieta hipossódica
Diuréticos
[en] Diuretics
[en] Fluid shifts
[en] Obstructive sleep apnea
[en] Sodium-restricted diet
Resumo Introdução: A patogênese da apneia obstrutiva do sono envolve estreitamento da faringe causado por deslocamento de líquido das pernas para o pescoço durante a noite. Objetivo: Determinar o efeito de intervenções que depletem líquido corporal na gravidade da apneia obstrutiva do sono. Métodos: Em ensaio randomizado controlado com placebo, homens diagnosticados com apneia obstrutiva do sono grave, segundo os critérios da Academia Americana de Medicina do Sono, foram aleatoriamente designados para receber diariamente diurético Lasilactona (espironolactona 100 mg + furosemida 20 mg) ou pílula placebo ou aconselhamento nutricional para dieta com restrição de sódio mais pílula placebo. O período de intervenção foi de uma semana. Todos os participantes realizaram a polissonografia portátil tipo III no início e no final do estudo. A mudança no índice de apneia hipopneia (IAH) foi o desfecho primário. Resultados: O estudo incluiu 54 participantes com média de idade (±DP) de 45±8,8 anos, IMC de 29,9±2,9 kg/m2 e IAH de 49±19 eventos/h. A mudança no IAH foi -11 eventos/h de sono (intervalo de confiança de 95% [IC], -15,59 para -5,74) no grupo de dieta, -7,33 (IC 95%, -13,75 para -0,91) no grupo diurético e 0,33 (IC 95%, -2,51 para 3,17) no grupo placebo (P=0,001 para interação tempo × grupo). A redução de água corporal total foi 2,2±2,2 L no grupo diurético (P<0,001) e 1,0±1,6 L no grupo dieta (P=0,002). Os sintomas de sonolência e a circunferência do pescoço reduziram significativamente somente no grupo dieta (P=0,007 e P<0,001 para interação, respectivamente). O uso de diurético aumentou a concentração de aldosterona e a atividade da renina plasmática (P<0,001 para interação). Conclusões: Em homens com apneia obstrutiva do sono grave, intervenções dietéticas e farmacológicas que depletam líquido corporal diminuem o IAH. Esse estudo fornece evidências de que a retenção de líquido corporal desempenha papel na patogênese da apneia do sono.
Abstract Rationale: The pathogenesis of obstructive sleep apnea involves pharyngeal narrowing caused by overnight fluid displacement from the legs to the neck. Objective: To determine the effect of interventions that reduced the body fluid content on obstructive sleep apnea severity. Methods: In this placebo-controlled study, men diagnosed with severe obstructive sleep apnea according American Academy of Sleep Medicine clinical criteria were randomized to receive daily diuretic lasilactone (spironolactone 100 mg + furosemide 20 mg) or placebo pill or nutritional counseling to sodium-restricted diet plus placebo pill. The intervention period was one week. All participants underwent out-of-center polysomnographies at baseline and follow-up. The change in apnea-hypopnea index (AHI) was the main outcome. Results: The study included 54 participants with mean age (±SD) of 45±8.8 years, body mass index of 29.9±2.9 kg/m2, and AHI of 49±19 events/h. From baseline to follow-up, the AHI delta value was −11 (95% confidence interval [CI], −15.59 to −5.74) in the diet group, −7.33 (95% CI, −13.75 to −0.91) in the diuretic group, and 0.33 (95% CI, −2.51 to 3.17) in the placebo group (P=0.001 for time × group interaction). The reduction in the total body water was 2.2±2.2 L in the diuretic group (P<0.001) and 1.0±1.6 L in the diet group (P=0.002). Sleepiness and neck circumference reduced only in the diet group (P=0.007 and P<0.001 for the interaction, respectively). The diuretic use augmented aldosterone concentration and plasma renin activity (P<0.001 for the interaction). Conclusions: Among men with severe OSA, dietary and pharmacological interventions that decrease bodily fluid content reduce the AHI. This trial provides a finding that fluid retention plays a role in apnea pathogenesis.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/139757
Arquivos Descrição Formato
000985439.pdf (5.198Mb) Texto parcial Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.