Repositório Digital

A- A A+

Mapeamento digital e avaliação dos padrões globais dermatoscópicos de nevos melanocíticos durante a gestação

.

Mapeamento digital e avaliação dos padrões globais dermatoscópicos de nevos melanocíticos durante a gestação

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Mapeamento digital e avaliação dos padrões globais dermatoscópicos de nevos melanocíticos durante a gestação
Autor Martins-costa, Gabriela Mynarski
Orientador Bakos, Renato Marchiori
Data 2015
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Medicina: Ciências Médicas.
Assunto Dermoscopia
Gravidez
Nevos e melanomas
[en] Dermoscopy
[en] Melanocytic nevi
[en] Pregnancy
Resumo Introdução: O conhecimento sobre nevos na gestação é escasso. Existem relatos de crescimento e mudança no padrão dermatoscópico, com formação de novas estruturas e alterações de pigmentação e da arquitetura da rede pigmentar. A maioria dos estudos nesta área são relatos de caso e estudos prospectivos em que foram avaliados poucos nevos por gestante. Objetivo: Analisar mudanças no mapeamento corporal de gestantes e nas estruturas dermatoscópicas dos nevos melanocíticos destas pacientes. Método: Foram avaliados um total de 703 nevos melanocíticos provenientes de 18 gestantes, no primeiro e terceiro trimestres. Foi realizado exame de mapeamento corporal total e dermatoscopia digital e as imagens foram comparadas em relação à formação de novas lesões; mudanças nas estruturas dermatoscópicas (crescimento, mudanças pigmentares, padrão pigmentar, mudanças de rede pigmentar, glóbulos e pontos, novas áreas estruturas vasculares, novas estrias, novas áreas sem estruturas); associação de crescimento de nevos com relação à localização, ao fototipo, ao risco de melanoma, às estruturas dermatoscópicas e à faixa etária; e associação de fototipo e risco de melanoma com estruturas dermatoscópicas. Resultados: Na comparação das imagens do mapeamento corporal, tiveram 44% de pacientes com novas lesões, variando de 1 a 5 lesões por paciente. Todas as pacientes com novas lesões tiveram pelo menos uma das lesões localizada nos membros superiores. Com relação à avaliação dos 703 nevos melanocíticos, 10.4% tiveram hiperpigmentação e 5.8% tiveram hipopigmentação. As mudanças nas estrtuturas dermatoscópicas foram: 23% de mudanças de rede pigmentar, 3.2% de formação de novos vasos, 1.7% de novas estrias, 1% de novas áreas sem estruturas e 55% de crescimento de nevos. Os nevos que cresceram se localizavam com maior frequencia no abdômen (87.1%; p < 0.001), foram mais frequentes nas pacientes que tinham maior risco de melanoma (45% ; p = 0.019), tiveram mais mudanças de rede pigmentar (27.1% ; p = 0.014) e maior formação de glóbulos/pontos (16% ; p < 0.001). Houve uma associação entre formação de estrias e fototipo (p = 0.012), sendo mais frequente nos fototipos II (2.7%), se comparados com fototipos III (1.3%) e IV (0%). Conclusão: Novos nevos melanocíticos podem aparecer na gestante, especialmente nos membros. Um parcela dos nevos pré-existentes se altera na gestação. Crescimento dos nevos parecem ocorrer mais frequentemente em pacientes de alto risco para desenvolver melanoma. O aparecimento de novas estrias é mais frequente em fototipos mais baixos.
Abstract Background: Melanocytic nevi might vary in size and number in pregnant women and the differential diagnosis with melanoma may be challenging. Dermoscopy improves the accuracy of pigmented lesions evaluation. Little is known about the dermoscopic changes in melanocytic nevi during pregnancy. Objectives: This study aims to describe changes in total body photography of pregnant women and dermoscopy aspects of their melanocytic nevi. Methods: A total of 703 melanocytic nevi were evaluated from 18 pregnant women, in the first and in the third trimester of gestation. Total body photography and digital dermoscopy were made and the images obtained from the first and third trimesters were compared for new lesions formation; changes in dermoscopic aspects (enlargement, pigmentation changes, pigmentation pattern, network changes, globules and dots, new vascular structures, new streaks, new structureless area); association of nevi enlargement with body location, skin type, risk melanoma, dermoscopy structures and age group; and association of skin type and risk of melanoma with dermoscopy structures. Results: When comparing the total body photography, there were 44% of patients with new lesions, ranging from 1 to 5 new lesions per patient. All patients with new lesions presented at least one of them on the upper limbs. Regarding dermoscopic evaluation of the 703 melanocytic nevi, 10.4% had hyperpigmentation and 5.8% had hypopigmentation. Regarding the dermoscopic structures, there were 23% of network changes, 12.4% new globules/dots, 3.2% of new vessels formation, 1.7% of new streaks, 1.0% of new structureless area, and 55.0% nevi increased in size when comparing the first and third trimesters. These lesions that increased in size were more likely to be seen in the abdomen (87.1%; p<0.001), were more frequent in patients with high risk of melanoma (45.0% ; p=0.019), had more network changes (27.1% ; p=0.014) and new globules and dots formation (16.0% ; p<0.001). An association between streaks formation and skin type was significant (p=0.012) and was more frequent in skin type II (2.7%), when compared to skin type III (1.3%) and IV (0%). Conclusions: New melanocytic nevi may occur in pregnant women, especially on the limbs. A portion of the pre-existing melanocytic nevi changes in pregnancy. Nevi enlargement seem to occur more frequently in high risk melanoma patients. Appearance of new streaks are more frequent in fair skin types.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/139774
Arquivos Descrição Formato
000986289.pdf (467.3Kb) Texto parcial Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.