Repositório Digital

A- A A+

Previdência privada aberta : uma nova cultura para um futuro tranqüilo

.

Previdência privada aberta : uma nova cultura para um futuro tranqüilo

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Previdência privada aberta : uma nova cultura para um futuro tranqüilo
Autor Ritter, Elianne Luiza
Orientador Kloeckner, Gilberto de Oliveira
Data 2007
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Curso de especialização a distância: Gestão de negócios financeiros - Banco do Brasil.
Assunto Finanças pessoais
Investimento : Analise financeira
Previdência privada
Previdência social
Resumo As entidades de Previdência Privada foram regulamentadas no Brasil pela Lei nº 6.435, de 15 de julho de 1977. Esse mercado está em pleno crescimento no Brasil, onde a cultura de previdência planejada está começando a mudar, e com destaque para a preocupação de começar cedo, com os jovens, que estão desacreditados do conceito de previdência social pública com a falência do Estado e a conseqüente crise da previdência social. A adesão de um participante jovem a um plano aumenta a sua cultura previdenciária e sua consciência de que é preciso poupar quando se está em plena capacidade laborativa para garantir uma aposentadora tranqüila. Nesse sentido, o trabalho teve o objetivo de estudar a mudança da cultura da previdência privada no Brasil como instrumento de formação de reservas individuais para a velhice, para garantia de um futuro mais seguro também como uma nova opção de investimento. Os objetivos específicos traçados foram: levantar aspectos favoráveis à mudança da cultura previdenciária no Brasil; levantar dados de crescimento dos investimentos em previdência privada; fazer comparativos de percentuais de investimentos no Brasil com outros países; demonstrar os benefícios fiscais disponíveis. Através de pesquisa bibliográfica e exploratória, os dados foram apresentados de maneira qualitativa, mostrando que a previdência complementar é vista, atualmente, como o maior investidor institucional, cujo perfil é essencialmente de investidor de longo prazo. Percebeu-se que a consciência previdenciária já tece início em muitos países, servindo de modelo o Chile e com uma enorme participação no mercado dos Estados Unidos.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/13986
Arquivos Descrição Formato
000649741.pdf (240.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.