Repositório Digital

A- A A+

A influência de características morfológicas no desempenho e apropriação de espaços urbanos : estudo de caso de Charqueadas - RS

.

A influência de características morfológicas no desempenho e apropriação de espaços urbanos : estudo de caso de Charqueadas - RS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A influência de características morfológicas no desempenho e apropriação de espaços urbanos : estudo de caso de Charqueadas - RS
Autor Borba, Vinícius Silveira
Orientador Lay, Maria Cristina Dias
Data 2015
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Arquitetura. Programa de Pós-Graduação em Planejamento Urbano e Regional.
Assunto Cidades : Charqueadas (RS)
Configuração urbana
Desempenho urbano
Espaço público : Apropriação
Espaço urbano
Morfologia urbana
Percepção do usuário
[en] Morphological characteristics
[en] Performance evaluation
[en] Urban appropriation
[en] Urban configuration
Resumo Este estudo investiga a influência de diferentes características morfológicas no desempenho e na apropriação de espaços urbanos através de uma análise comparativa entre dois bairros com diferentes configurações espaciais, localizados na cidade de Charqueadas-RS: O Bairro Centro, que representa o modelo tradicional urbano, com traçado retilíneo, altos índices construtivos, diversidade de usos e edificações dispostas no alinhamento da rua; e a Vila Piratini, bairro constituído com as características das cidades jardins: traçado orgânico das ruas, baixos índices construtivos, zoneamento de usos, densa cobertura vegetal e edificações dispostas de forma orgânica em torno de cul-de-sacs limitados por amplas áreas verdes. O estudo pretende contribuir para um melhor entendimento de como diferentes configurações que constituem o espaço da cidade, afetam o uso e influenciam a satisfação e a preferência de usuários. A investigação foi operacionalizada por meio da utilização de métodos qualitativos e quantitativos em duas etapas. A coleta e análise de dados foram feitas a partir de procedimentos metodológicos da área de estudo ambientecomportamento. A primeira etapa incluiu o levantamento de dados primários e secundários e a aplicação de mapas mentais e entrevistas. A segunda etapa consistiu na realização de levantamento físico, observações comportamentais e aplicação de questionários. Os dados obtidos através de múltiplos meios permitiram estabelecer relações entre as características morfológicas, as variáveis definidoras da qualidade do espaço construído - agrupadas em uso, estrutura e aparência - e o desempenho e apropriação dos espaços urbanos. Através deste estudo, foi possível identificar potencialidades e deficiências de espaços públicos com diferentes configurações urbanas, através da avaliação de desempenho feita a partir do ponto de vista do usuário. Os resultados obtidos confirmam que os tipos de usos são afetados pelas características morfológicas dos bairros, que tornam os espaços mais, ou menos propícios para a realização de determinadas atividades. Foi constatado que o desempenho e a apropriação urbana, quando relacionados ao uso, parecem ser favorecidos pela configuração urbana tradicional, principalmente no que se refere a intensidade de interação social em praças e parques, enquanto a configuração urbana das cidades jardins parece favorecer a prática de atividades esportivas, de interação social e a realização de atividades lúdicas em frente às casas. Quanto a estrutura, características da configuração urbana tradicional, em comparação com a configuração urbana das cidades jardins, tende a favorecer a orientação, acessibilidade e permeabilidade, enquanto o traçado orgânico e a vegetação característicos do modelo de cidade jardim, são relevantes para a construção da imagem e para fortalecer a percepção de território e a imageabilidade. Quanto ä aparência, foi confirmado que o desempenho e apropriação urbana são favorecidos mais fortemente pela configuração urbana das cidades jardins, em comparação com a configuração urbana tradicional. Ainda, a aparência visual da configuração urbana das cidades jardins apresentou relevância na preferência de locais para moradia e na predileção por escolhas de locais para a realização de atividades esportivas de deslocamento e a satisfação com a aparência dos espaços públicos apresentou-se diretamente relacionada com a satisfação geral em relação ao bairro de moradia, sendo a configuração do modelo de cidade jardim avaliada mais positivamente em relação ao modelo tradicional de cidade.
Abstract This study investigates the influence of different morphological features in performance and appropriation of urban spaces through a comparative analysis between two neighborhoods with different spatial configurations, located in Charqueadas-RS: The Center District, which represents the traditional urban model, with a rectilinear layout, high construction rates, diversity of uses and buildings located in the alignment of the road; and Vila Piratini, which was built according to the characteristics of garden cities: organic layout of the streets, low construction rates, zoning uses, dense vegetation and buildings organically displayed around cul-de-sacs with large green border areas. It intends to contribute for a better understanding on the manner different urban configurations can affect use, influence user satisfaction and preferences. The investigation was implemented through the use of qualitative and quantitative methods in two stages. The collection and analysis of data were made through methodological procedures based on the environment-behavior study perspective. The first stage included the collection of primary and secondary data and application of mental maps and interviews. The second stage consisted of physical survey, behavioral observations and questionnaires. The data obtained through multiple means allowed to establish relations among the morphological characteristics, the defining variables of the quality of the built space - grouped in use, structure and appearance – and the performance and the appropriation of urban spaces. The study allowed the identification of potentialities and deficiencies of public spaces with different urban urban configurations by means of performance evaluation carried out through user's point of view. Results confirm that uses are affected by the morphological characteristics of the two neighborhoods, which provide spaces more and less adequate to perform specific activities. It was verified that performance and urban appropriation, when related to activities, seem to be favored by traditional urban configuration, regarding intensity of social interaction in squares and parks, while urban configuration of garden cities seems to favor sport activities, social interaction and playing activities in front of dwellings. Regarding structure, it was found that traditional urban configuration, when compared to garden city urban configuration, tend to favor orientation, accessibility and permeability, while the organic traces and the characteristic vegetation of garden city models can facilitate image construction and intensify user perception of territory and imageability. Regarding appearance, it was confirmed that performance and urban appropriation are positively affected by urban configuration of garden city model, when compared to traditional urban configuration. Yet, visual appearance of garden cities affected preference for place of residence e selection of places to perform sport activities and satisfaction with the appearance of public spaces was related to general satisfaction with the neighborhood of residence, where garden city configuration was more positively evaluated than the traditional urban configuration.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/140015
Arquivos Descrição Formato
000990896.pdf (32.05Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.