Repositório Digital

A- A A+

Megaeventos, reestruturação urbana e gentrificação o caso do Projeto Porto Maravilha - Rio de Janeiro

.

Megaeventos, reestruturação urbana e gentrificação o caso do Projeto Porto Maravilha - Rio de Janeiro

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Megaeventos, reestruturação urbana e gentrificação o caso do Projeto Porto Maravilha - Rio de Janeiro
Autor Paradeda, Joana de Mattos
Orientador Almeida, Maria Soares de
Data 2015
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Arquitetura. Programa de Pós-Graduação em Planejamento Urbano e Regional.
Assunto Gentrificação
Intervenção urbana
Jogos olímpicos
Megaeventos
Programa Porto Maravilha : Rio de Janeiro (RJ)
Reestruturação urbana
Rio de Janeiro (RJ)
[en] Gentrification
[en] Mega events
[en] Rio 2016 olympic games
[en] The Porto Maravilha project
[en] Urban entrepreneurialism
[en] Urban restructuring
Resumo Associadas a uma governança urbana empreendedorista e a um desenvolvimento baseado no estímulo ao consumo, as estratégias de organização dos megaeventos da atualidade estão fortemente orientadas às diferentes formas de lazer, turismo, esporte e entretenimento. Atualmente, os Jogos Olímpicos são considerados o evento esportivo de maior dimensão e repercussão no mundo e, sua organização, diz respeito a um amplo conjunto de intervenções urbanas que, quando bem organizadas e estruturadas, podem estimular a qualificação do espaço urbano trazendo benefícios para a população local. No entanto, em um relatório publicado em 2007 pelo Centro de Direitos de Moradia e Expulsão (COHRE), foi divulgado que entre 1988 e 2008 as Olimpíadas deslocaram mais de dois milhões de pessoas, de forma direta e indireta, ao redor do mundo e são uma das principais causas da inflação imobiliária, gerando processos de gentrificação. Como parte crucial de um planejamento estratégico adotado pela cidade, o Rio de Janeiro sediará, em 2016, os Jogos Olímpicos de Verão e tem incluído em seu Plano de Legado Urbano e Ambiental a reestruturação urbana da Região Portuária da cidade, através de uma Operação Urbana Consorciada, denominada Porto Maravilha, objeto de estudo desse trabalho. Com uma temática relacionada aos processos de gentrificação decorrentes das reestruturações urbanas vinculadas aos Jogos Olímpicos, essa pesquisa tem como objetivo principal, verificar se, após seis anos do lançamento do Projeto Porto Maravilha e com a primeira etapa das obras de infraestrurura concluída, há indícios de um processo de gentrificação ocorrendo no local. Para alcançar o objetivo, são delimitadas, através da construção da análise, quatro variáveis de pesquisa para o estudo de caso: a física, a econômica, a social e a cultural. Os métodos de coleta de dados englobam levantamento de arquivo, levantamento físico, levantamento fotográfico, produção de mapas, observação e entrevistas semiestruturadas com moradores, artistas, comerciantes e prestadores de serviço, localizados no percurso escolhido para a análise. Por meio da descrição dos resultados das quatro variáveis apresentadas, constata-se que apesar da área estar em uma fase de transição, já é possível observar no recorte espacial indícios de algumas características fundamentais dos processos de gentrificação, tais como o reinvestimento no dilapidado ambiente construído, valorizações significativas no mercado imobiliário, melhorias no padrão de estabelecimentos comercias e de serviços, indícios iniciais de mudanças no perfil da população e novos discursos culturais sobre o bairro, redesenhando assim, o perfil da região.
Abstract Associated with an entrepreneurial urban governance and development based on consumption stimulation, organization strategies of current mega events are strongly oriented to different forms of leisure, tourism, sports and entertainment. Currently, the Olympics are considered the largest and with biggest impact sporting event on the world and its organization, refers to a wide range of urban interventions that, when properly organized and structured, can stimulate the qualification of urban space bringing benefits for local people. However, in a report published in 2007 by the Center of Housing Rights and Expulsion (COHRE), it was reported that between 1988 and 2008 Olympic Games have displaced more than two million people, directly and indirectly, around the world and are a major cause for price raising on housing market, generating gentrification. As a crucial part of a strategic plan adopted by the city, Rio de Janeiro will host the 2016 Summer Olympics and has included in its Urban Legacy and Environmental Plan an urban restructuring of the city´s Port Region, through an Urban Operation consortium, called Porto Maravilha, study object of this work. With a theme related to gentrification processes arising from urban restructuring linked to the Olympic Games, this research aims to determine whether, after six years of Porto Maravilha Project launch and infrastructure´s first stage completed, there are gentrification process indications taking place in one location. To achieve the goal, are bounded through the construction of the analysis, four research variables for the case study: physical, economic, social and cultural. Data collection methods include file searching, physical survey, photographic survey, map production, observation and semi-structured interviews with residents, artists, merchants and service providers, located in the chosen route for analysis. Through the results description of the four variables presented, it appears that despite the area being in a transition phase, it is possible to observe the spatial area´s evidence of some fundamental features of gentrification processes, such as reinvestment in dilapidated built environment, significant increases in the housing market, standard improvements of commercial and service establishments, initial indications of changes in the population profile and new cultural discourses about the neighborhood, so redesigning the region´s profile.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/140024
Arquivos Descrição Formato
000990913.pdf (73.01Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.