Repositório Digital

A- A A+

Análise de micronúcleos em hemócitos de mexilhões Perna perna (Linnaeus, 1758) (Mollusca: Bivalvia: Mytilidae) nas Plataformas de Pesca de Tramandaí e Cidreira, Litoral Norte do Rio Grande do Sul, Brasil

.

Análise de micronúcleos em hemócitos de mexilhões Perna perna (Linnaeus, 1758) (Mollusca: Bivalvia: Mytilidae) nas Plataformas de Pesca de Tramandaí e Cidreira, Litoral Norte do Rio Grande do Sul, Brasil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Análise de micronúcleos em hemócitos de mexilhões Perna perna (Linnaeus, 1758) (Mollusca: Bivalvia: Mytilidae) nas Plataformas de Pesca de Tramandaí e Cidreira, Litoral Norte do Rio Grande do Sul, Brasil
Autor Geremia, Gabriela
Orientador Casali, Emerson Andre
Co-orientador Cardoso, Valesca Veiga
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Biociências. Curso de Ciências Biológicas: Ênfase em Gestão Ambiental, Marinha e Costeira: Bacharelado.
Assunto Avaliação ambiental
Bioindicadores ambientais
Cidreira (RS)
Meio ambiente marinho
Mexilhões : Perna perna
Mutagenese
Toxicologia aquática : Testes
Tramandaí (RS)
[en] Biomonitoring
[en] Micronuclei test
[en] Mutagenicity
Resumo A poluição de ambientes aquáticos marinhos e continentais está aumentando a cada dia devido aos avanços tecnológicos e industriais, além do aumento da população humana. Um grande número de compostos químicos é lançado na forma de efluentes no ambiente aquático sem o devido tratamento. Mexilhões são muito utilizados para avaliar efeitos tóxicos de poluentes no ambiente aquático. A contaminação química do ambiente marinho pode gerar risco a saúde humana e causar danos as espécies presentes no local. O Teste de Micronúcleos é capaz de avaliar a genotoxicidade. O objetivo deste trabalho foi avaliar as variações de frequência de micronúcleos em hemócitos de mexilhões Perna perna coletados nas plataformas de Tramandaí e Cidreira em março de 2014 e março de 2015. Os mexilhões foram medidos, sexados e os hemócitos obtidos como descrito por Silva et al. (2001) A frequência micronúcleos foi determinada através da análise de 1000 hemócitos para cada mexilhão, observando a quantidade de micronúcleos, brotamentos e células binucleadas sobre as células normais. Os resultados são expressos como média ± erro padrão médio (EPM). Os dados biométricos indicam variações de peso entre os indivíduos coletados nas duas coletas. Também houve variação de medicas de comprimento e largura das conchas entre os indivíduos coletados. As medidas feitas indicam uma diferença estatística significativa na quantidade de alterações nucleares nos hemócitos de mexilhões P. perna coletados em nos dois pontos, observando-se um aumento expressivo na quantidade de alterações nucleares em mexilhões em Tramandaí, se comparado a Cidreira. Essa diferença encontrada entre a quantidade de alterações nucleares entre Tramandaí e Cidreira evidencia a presença de substâncias ou condições ambientais com potencial genotóxico capazes de causar dano ao material genético dos indivíduos coletados, podendo indicar uma relação entre o número de alterações nucleares encontradas e o nível de urbanização dos locais amostrados que sofrem com o crescimento populacional descontrolado em alguns meses do ano, além de não ter o tratamento de esgoto necessário. Recomenda-se um biomonitoramento continuo na região, pois dados envolvendo estes organismos ainda são escassos na área. O teste de micronúcleos usando mexilhões P. perna, mostrou-se um teste rápido e prático para o monitoramento da poluição de ambientes aquáticos.
Abstract The pollution of marine and freshwater ecosystems is increasing every day due to technological and industrial advances, and increased human population. A large number of chemical compounds are released as waste into the water without proper treatment. Mussels are widely used to assess toxic effects of pollutants in the aquatic environment. Chemical contamination of the marine environment can cause problems for human health and harm species on site. The Micronucleus Test is able to assess the genotoxicity. The objective of this study was to evaluate the micronucleus frequency variations in hemocyte of Perna perna mussels collected in Tramandaí and Cidreira platforms in March 2014 and March 2015. The mussels were measured, sexed and hemocytes were obtained as described by Silva et al.(2001) The micronucleus frequency was determined by 1000 hemocyte analysis for each mussel, noting the frequency of micronucleus, budding and binucleated cells over normal cells. Results are expressed as mean ± standard error (SEM). The statistical comparison between groups was performed using the SPSS software, by one-way ANOVA followed by post hoc Duncan with significance P <0.05. Biometric data indicate variations in weight between the individuals collected in two samplings. There was also variation in average length and width of the shells collected from individuals. The analyzes indicate a statistically significant difference in the frequency of nuclear changes in hemocytes of mussels P. perna collected in the colon, observing a significant increase in the frequency of nuclear changes in Tramandaí, compared to Cidreira. This difference found between the frequency of nuclear changes between Tramandaí and Cidreira shows the presence of environmental substances or conditions with genotoxic potential capable of causing damage to the genetic material of the collected individuals, which may indicate a relationship between the number of found nuclear changes and the level of urbanization at the sampled locations which suffer from uncontrolled population growth in some months of the year, besides not having the necessary sewage treatment. It is recommended a continuous biomonitoring in the region for data involving these organizations are still scarce in the area. The micronucleus test using mussels P. perna proved to be a quick and practical test for monitoring the pollution of aquatic environments.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/140094
Arquivos Descrição Formato
000984639.pdf (827.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.