Repositório Digital

A- A A+

Variação vertical e especificidade de substrato de Briófitas Epífitas na APA Morro de Osório, Osório, Rio Grande do Sul, Brasil

.

Variação vertical e especificidade de substrato de Briófitas Epífitas na APA Morro de Osório, Osório, Rio Grande do Sul, Brasil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Variação vertical e especificidade de substrato de Briófitas Epífitas na APA Morro de Osório, Osório, Rio Grande do Sul, Brasil
Autor Chilanti, Stefânia Bernardi
Orientador Bordin, Juçara
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Biociências. Curso de Ciências Biológicas: Ênfase em Biologia Marinha e Costeira: Bacharelado.
Assunto Área de Proteção Ambiental de Osório (RS)
Briófitas
Epífitas
[en] Atlantic forest
[en] Bryophytes
[en] Epiphytes
[en] Specificity
Resumo A variação vertical de briófitas epífitas foi estudada em um remanescente de Mata Atlântica no município de Osório (Litoral Norte do Rio Grande do Sul), a Área de Proteção Ambiental - APA Morro de Osório. A Mata Atlântica é uma floresta tropical com grande diversidade de microambientes e possíveis substratos para colonização de briófitas. O tronco de árvores em florestas tropicais representa uma complexa integração entre briófitas e microambientes, e a distância acima do nível do solo é um fator que contribui para a colonização das espécies. As coletas foram realizadas em 10 transectos de 10 m cada, selecionados aleatoriamente na área de estudo. Foram coletadas amostras em todos os troncos com DAP entre 15-35 cm, ocorrentes a um metro de cada lado do transecto. Para a avaliação zonação vertical o tronco foi dividido em três níveis de altura: nível I (de 0 - 0,5 m alt.), nível II (0,5 m - 1m alt.) e nível III (1 m - 1,5 m alt.). Como resultados, foram coletadas 32 espécies em 34 forófitos. A análise da diversidade das espécies em cada nível mostrou que não houve variação relevante, sendo que o nível I apresentou 23 espécies e os níveis dois e três, 25 espécies. A composição das espécies em cada nível, no entanto, obteve uma pequena diferenciação, onde os níveis 1 e 2 apresentam 3 espécies exclusivas, enquanto que o nível 3 apresentou 4 espécies exclusivas. Os resultados alcançados corroboram outros encontrados em áreas de Floresta Atlântica. As espécies de briófitas epífitas não apresentaram especificidade de forófito, porém 11 espécies epifíticas ocorreram em um ou dois substratos apresentando uma provável preferência pelas características destes forófitos. A especificidade de substrato, de acordo com a literatura, pode sofrer variação entre diferentes hábitats. Este é o primeiro trabalho com briófitas epífitas para região, sendo assim de fundamental importância para a ampliação do conhecimento da brioflora do Litoral Norte, bem como do estado do Rio Grande do Sul.
Abstract The vertical variation of epiphytic bryophytes was studied in a remnant of Atlantic Forest in the city of Osorio (North Coast of Rio Grande do Sul), Environmental Protection Area - APA Morro de Osorio. The Atlantic Forest is a tropical forest with great diversity of microenvironments and possible substrates for bryophytes of colonization. The tree trunk in tropical forests is a complex integration between bryophytes and microenvironments, and distance above the ground level is a factor that contributes to the colonization of these species. Samples were collected in 10 transects of 10 m each, selected randomly in the study area. Samples were collected from all trunks with DAP between 15-35 cm, occurring one meter on each side of the transect. To verify the occurrence of vertical zonation trunk was divided into three height levels: (0 to 0.5 m alt) Level I, Level II (0.5 - 1m alt.) and Level III (1-1 5 m alt.). It was found in total 32 species in 34 phorophytes collected. Analysis of the diversity of species in each level showed no significant variation between the different levels. Where the first level presented 23 species and two and three levels, both with 25 species. But the composition of species at each level got a little differentiation, where levels 1 and 2 have 3 exclusive species, while level 3 introduced 4 exclusive species. The results achieved confirm other results found in areas of the Atlantic Forest. With regard to substrate specificity, most species of bryophytes epiphytes showed no preference for particular species of host tree, but 11 epiphytic species occurred in one or two substrates having a preference for the likely characteristics of phorophytes. The substrate specificity, according the literature it can be varied between the different habitats. This is the first survey of epiphytic bryophytes to region, therefore of fundamental importance to the expansion of knowledge of bryoflora the North Coast as well as the state of Rio Grande do Sul.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/140173
Arquivos Descrição Formato
000984683.pdf (1.473Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.