Repositório Digital

A- A A+

A reconfigurable heterogeneous multicore system with homogeneous ISA

.

A reconfigurable heterogeneous multicore system with homogeneous ISA

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A reconfigurable heterogeneous multicore system with homogeneous ISA
Outro título Um sistema multinucleo, heterogeneo e reconfiguravel de ISA homogênea
Autor Souza, Jeckson Dellagostin
Orientador Beck, Antonio Carlos Schneider
Data 2016
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Informática. Programa de Pós-Graduação em Computação.
Assunto Arquiteturas reconfiguraveis
Sistemas embarcados
[en] Embedded systems
[en] Heterogeneity
[en] Multicore
[en] Reconfigurable architectures
[en] Scheduling
Resumo Dada a grande diversidade de aplicações embarcadas presentes nos atuais dispositivos portáveis, ambos os paralelismos em nível de threads e de instruções devem ser explorados para obter ganhos de desempenho e energia. Enquanto MPSoCs (sistemas em chip de múltiplos núcleos) são amplamente usados para esse propósito, estes falham quando consideramos produtividade de software, já que eles são compostos de chips com diferentes arquiteturas que precisam ser programados separadamente. Por outro lado, processadores multi núcleos de propósito geral implementam a mesma arquitetura, mas são compostos de núcleos homogêneos de processadores superescalares que consomem muita potência. Nesta dissertação, propõe-se um novo sistema, que tira proveito de circuitos reconfiguráveis para criar diferentes organizações que implementam a mesma arquitetura, capazes de apresentar alto desempenho com baixo custo energético. Para garantir a compatibilidade binária, usa-se um mecanismo de tradução binária que transforma o código a ser executado no circuito reconfigurável durante a execução. Usando aplicações representativas, mostra-se que uma versão do sistema heterogêneo pode ganhar da sua versão homogênea em média de 59% em desempenho e 10% em energia, com melhoras em EDP (Energy-Delay Product – Produto da energia pelo tempo de execução) em quase todos os cenários. Além disso, este trabalho também propõe e avalia seis escalonadores para este sistema heterogêneo: dois algoritmos estáticos, os quais alocam as threads no primeiro núcleo livre, onde elas permanecerão durante toda a execução; um escalonador direcionado por contagem de instruções, o qual realoca as threads durante pontos de sincronização de acordo com a sua contagem de instruções; um escalonador de Feedback, que usa dados de dentro da unidade reconfigurável para realocar threads; o PC-Feedback, que adiciona um mecanismo de reuso de dados ao último escalonador; e um escalonador Oráculo, que é capaz de decidir a melhor alocação de threads possível. Mostra-se que o algoritmo estático pode ter alto desempenho em aplicações com alto paralelismo, contudo para um desempenho mais uniforme em todas as aplicações os algoritmos de Feedback e PC-Feedback são mais indicados.
Abstract Given the large diversity of embedded applications one can find in current portable devices, for energy and performance reasons one must exploit both Thread- and Instruction Level Parallelism. While MPSoCs (Multiprocessor system-on-chip) are largely used for this purpose, they fail when one considers software productivity, since it comprises different ISAs (Instruction Set Architecture) that must be programmed separately. On the other hand, general purpose multicores implement the same ISA, but are composed of a homogeneous set of very power consuming superscalar processors. In this dissertation, we show how one can effectively use a reconfigurable unit to provide a number of different possible heterogeneous configurations while still sustaining the same ISA, capable of reaching high performance with low energy cost. To ensure ISA compatibility, we use a binary translation mechanism that transforms code to be executed on the fabric at run-time. Using representative benchmarks, we show that one version of the heterogeneous system can outperform its homogenous counterpart in average by 59% in performance and 10% in energy, with EDP (Energy-Delay Product) improvements in almost every scenario. Furthermore, this work also proposes and evaluates six schedulers for the heterogeneous system: two static algorithms, which allocate the threads on the first free core, where they will run during the entire execution; an Instruction Count (IC) Driven scheduler, which reallocates threads during synchronization points accordingly to their instruction count; a Feedback scheduler, which uses data from inside the reconfigurable unit to reallocate threads; the PCFeedback scheduler, that adds a reuse mechanism to the last one; and an Oracle scheduler, which is capable of deciding the best thread allocation possible. We show that the static algorithm can reach high performance in applications with high parallelism, however for uniform performance in all applications, the Feedback and PC-Feedback algorithms are better designated.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/140321
Arquivos Descrição Formato
000991173.pdf (5.064Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.