Repositório Digital

A- A A+

Uma noção de matriciamento que merece ser resgatada para o encontro colaborativo entre equipes de saúde e serviços no SUS

.

Uma noção de matriciamento que merece ser resgatada para o encontro colaborativo entre equipes de saúde e serviços no SUS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Uma noção de matriciamento que merece ser resgatada para o encontro colaborativo entre equipes de saúde e serviços no SUS
Outro título A notion of the matricial practice to be rescued for the collaborative encounter between health teams and services in the SUS
Autor Medeiros, Roberto Henrique Amorim de
Resumo A literatura e a experiência do trabalho na atenção primária em saúde permitiram ao autor refletir acerca das principais características das práticas de matriciamento das redes de atenção à saúde no contexto do SUS ao longo dos anos. Questionam-se as noções de matriciamento que estruturam práticas de consultoria e supervisão por parte de equipes ou profissionais aos quais se atribui a qualidade de especialistas. Os efeitos dessa relação entre equipes e serviços são discutidos e os benefícios no contexto da gestão e da atenção em saúde são analisados. Sustentado na proposta original de matriciamento em saúde, o artigo estabelece uma problematização que, analisando suas consequências lógicas, acaba por construir uma noção que se diferencia de outra que parece sustentar práticas verticalizadas entre lugares de especialidade e de generalidade. Com o apoio da teoria matemática do cálculo matricial, constrói a noção de matriciamento que pretende contribuir para implementar relações colaborativas entre equipes e serviços com efeitos importantes e resolutivos no registro da atenção e da gestão do cuidado integral da saúde.
Abstract A notion of the matricial practice to be rescued for the collaborative encounter between health teams and services in the SUS The literature and experience of working in primary health care allowed the author to reflect on the main features of the matricial practices of health care networks in the context of the SUS over the years. Matricial practice current notion seems to put forward consulting practices and supervision by teams or professionals to whom the quality of experts is assigned. The effects of this relationship between teams and services are discussed and the benefits in the context of management and health care are analyzed. Sustained in the original proposal of matricial practice, the article establishes a problematization that derives logical consequences to build a notion that is different from that sustained the barren relationship between specialists and generalists. With the support of the mathematical theory of matrix calculus, it builds the concept of matricial practice that could contribute to implement collaborative relationships between teams and services with important and resolving effects in the field of care and management of comprehensive health care.
Contido em Physis : revista de saúde coletiva. Rio de Janeiro. Vol. 25, n.4 (out./dez. 2015), p. 1165-1184
Assunto Equipe de saúde
Integralidade em saúde
Matricídio
Sistema Único de Saúde
[en] Clinic
[en] Integrality
[en] Management
[en] Matricial practice; ; ; ;
[en] SUS
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/140423
Arquivos Descrição Formato
000985819.pdf (168.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.