Repositório Digital

A- A A+

Influência da localização da enterocolite necrosante na mortalidade de recém-nascidos submetidos à laparotomia

.

Influência da localização da enterocolite necrosante na mortalidade de recém-nascidos submetidos à laparotomia

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Influência da localização da enterocolite necrosante na mortalidade de recém-nascidos submetidos à laparotomia
Autor Souza, Joao Carlos Ketzer de
Orientador Fraga, José Carlos Soares de
Data 2008
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Medicina: Cirurgia.
Assunto Cirurgia
Enterocolite necrosante
Intestino delgado
Mortalidade neonatal
Prognóstico
Recém-nascido
[en] Necrotizing enterocolitis
[en] Newborns
[en] Operative mortality
[en] Prognostic factors
[en] Small-bowel involvement
Resumo Objetivo: Avaliar a influência da localização da enterocolite necrosante neonatal na mortalidade de recém-nascidos (RN) submetidos à laparotomia exploradora. Métodos: Estudo de coorte prospectiva de 141 recém-nascidos com ECN submetidos consecutivamente à laparotomia exploradora no período de novembro de 1991 a dezembro de 2005. Foram avaliados dados epidemiológicos, localização e extensão da doença, crescimento intra-uterino e o número de óbitos no período de 60 dias após a cirurgia. Resultados: Setenta e quatro (52,5%) crianças eram do sexo masculino, com peso médio de nascimento de 1.589 ± 665 gramas, com idade gestacional média de 33,6 ± 2,9 semanas. Prematuridade ocorreu em 84,4% (119/141) dos RN. Cinqüenta e sete (40,4%) eram pequenos para a idade gestacional. Óbito ocorreu em 68 crianças (48,2%). Na análise bivariada, observou-se que o comprometimento do jejuno-íleo foi associado com alta mortalidade (20 óbitos - 76,9%; OR = 20; intervalo de confiança de 95% = 4,6 - 96,3; p < 0,001) e que a doença no jejuno estava associada à maior extensão da ECN. Entretanto, no modelo de regressão logística múltipla com controle individual de cada variável, a doença no jejuno-íleo (OR = 0,61; intervalo de confiança de 95% = 0,06 - 6,14; p = 0,68) e no intestino grosso (OR = 2,91; intervalo de confiança de 95% = 0,81 - 10,50; p = 0,10) não foram consideradas fatores de risco para o óbito. Conclusões: Em análise adequada, com controle isolado de cada variável estudada, a mortalidade foi independente da localização da ECN no intestino delgado ou no intestino grosso. Porém, a localização da doença no jejuno foi um marcador de maior extensão da ECN e, conseqüentemente, de pior prognóstico. Extensão difusa da doença e recém-nascidos PIG foram os mais importantes fatores de risco de ocorrência de óbito nesses recém-nascidos submetidos à cirurgia.
Abstract Aim of the study: To evaluate the effect of disease site on the mortality rate of newborns with necrotizing enterocolitis (NEC) undergoing exploratory laparotomy. Methods: Prospective cohort of 141 consecutive newborns with NEC who underwent laparotomy from November 1991 to December 2005. The study variables included epidemiologic data, disease site and extent, intrauterine growth, and number of deaths in the 60 days after operation. The protocol was approved by the institution’s Research Ethics Committee. Main results: Seventy-four (52.5%) infants were male. Mean birth weight was 1,589 ± 665 g, and mean gestational age was 33.6 ± 2.9 weeks. One-hundred and nineteen (84.4%) newborns were premature. Small for gestational age was observed in 57 (40.4%). Sixty-eight (48.2%) infants died. Bivariate analysis revealed that involvement of the jejunum and ileum was associated with high mortality rates (20 deaths, 76.9%; OR = 20; 95% 95% CI = 4.6 – 96.3; p < 0.001), and that involvement of the jejunum was associated with greater disease extent. After controlling for individual variables, logistic regression showed that the mortality associated with jejunum and ileum involvement (OR = 0.61; 95% CI = 0.06 - 6.14; p = 0.68) did not differ from that associated with large bowel involvement (OR = 2.91; 95% CI = 0.81 – 10.50; p = 0.10); however, jejunum involvement remained significantly associated with disease extent. Conclusions: NEC-related mortality in newborns undergoing laparotomy was not influenced by disease site (small or large bowel). However, jejunum involvement was a marker of greater disease extent and therefore of poor prognosis. Diffuse disease extent and small for gestational age were the most important markers of risk of death in NEC newborns submitted to surgery.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/14054
Arquivos Descrição Formato
000656467.pdf (875.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.