Repositório Digital

A- A A+

Auditoria de recursos humanos perspectivas e mudanças de auditoria de RH com o ingresso do e-social

.

Auditoria de recursos humanos perspectivas e mudanças de auditoria de RH com o ingresso do e-social

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Auditoria de recursos humanos perspectivas e mudanças de auditoria de RH com o ingresso do e-social
Autor Lopes, Henry Frank
Orientador Pellini, Ana Maria
Data 2014
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Curso de Ciências Contábeis.
Assunto Contabilidade
[en] Auditing
[en] e-Social
[en] Human resources auditing
Resumo O presente estudo tem por objetivo evidenciar a perspectiva das mudanças de auditoria de recursos humanos com o ingresso do e-Social, analisando as possíveis alterações nas práticas utilizadas para análise e quais os reflexos diante dessa modificação. O Sistema de Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais Previdenciárias e Trabalhistas, faz parte do Sistema Público de Escrituração Digital (Sped), instituído pelo Decreto n° 6.022/2007. Pretende coletar as informações trabalhistas, possibilitando aos órgãos participantes do projeto (Receita Federal, Ministério do Trabalho e Emprego, Ministério da Previdência Social, Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e a Caixa Econômica Federal), sua efetiva utilização para fins previdenciários, fiscais e de apuração de tributos e do FGTS, com intuito de reduzir a burocracia para as empresas e facilitar a fiscalização das obrigações fiscais, tributárias, previdenciárias e trabalhistas. Além disso, o presente artigo discute como o e-Social irá integrar todas as informações sobre os funcionários, a análise e cruzamento de dados e demonstrar que haverá mais fiscalização no sentido em que as empresas tendem a incorrer em denúncia espontânea pela omissão de informações ou declarações imprecisas. Desta forma, a pesquisa se caracteriza como uma revisão bibliográfica com abordagem qualitativa, onde foram analisados os dados eletrônicos, documentais e cursos e palestras presencias. O principal resultado obtido em face a essas mudanças, se dá pela razão de que antes os dados eram analisados pelo passado dos fatos em virtude de a conferência ser manual, com poucas fontes e por amostragem, em contrapartida de uma auditoria eletrônica com múltiplas fontes que deverá acompanhar o presente e projetar o futuro, e em um novo aspecto analisar a totalidade das operações.
Abstract The aim of the present study is to show the perspective of the changes on auditing in human resources with the beginning of the e-Social, analyzing the possible changes in the practices used for analysis and what are the effects with this modification. The System of Digital Fiscal Book-keeping of the Fiscal Welfare and Labor Obligations is part of the Public System for Digital Book-keeping (Sped), established by the Act number 6.022/2007. It intends to collect the labor information, making it possible for the clearing houses participating in the project (IRS, Labor and Employment Ministry, Social Welfare Ministry, National Institute of Social Security (INSS) and Caixa Econômica Federal), its effective use for welfare, fiscal and tax verification purposes and of the FGTS, with the intent of reducing the burocracy for the companies and to facilitate the control of the fiscal, tax, welfare and labor obligations. Besides that, the present article discusses how the e-Social will integrate all the information about the employees, the analysis and data crossing and will show that there will be more control so that the companies have the tendency of showing spontaneous presentment for omitting information or imprecise declarations. This way, the research is characterized as a bibliographic revision with qualitative approach, where the electronic data, documents, courses and on presence lectures were analyzed. The main result found among these changes is given by the fact that before the data used to be analyzed by the past of the facts due to the fact that the conferring was manual, with few sources and by sampling, opposite to an electronic auditing with multiple sources that should follow the present and project the future, and in a new aspect analyze all the operations.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/140601
Arquivos Descrição Formato
000965948.pdf (239.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.