Repositório Digital

A- A A+

Política externa e de segurança do Japão pós-II GM : elementos para uma tipologia

.

Política externa e de segurança do Japão pós-II GM : elementos para uma tipologia

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Política externa e de segurança do Japão pós-II GM : elementos para uma tipologia
Autor Lanzarini, Vinícius
Orientador Martins, José Miguel Quedi
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Curso de Relações Internacionais.
Assunto Relações internacionais
[en] Asia
[en] China
[en] Foreign and security policies
[en] Japan
[en] Regional insertion
Resumo Este trabalho pretende estabelecer uma tipologia para a identificação de padrões na política interna japonesa e sua relação com os problemas enfrentados pela Política Externa e de Segurança (PES) do Japão desde o final da Segunda Guerra Mundial (II GM) até 2010, traçando no final considerações acerca da conjuntura atual. Neste sentido, o trabalho analisa a díade do processo de inserção regional do país, constituída, por um lado, pela busca de melhores relações com a República Popular da China (RPC); e, por outro, pelo privilégio dado à aliança política e securitária com os Estados Unidos. Essa díade se reflete em díades menores, expressas pelo confronto entre duas lideranças proeminentes em cada um dos três períodos analisados. Na década de 50, o confronto é entre Shigeru Yoshida e Ichiro Hatoyama. Na década de 70, a rivalidade deu-se entre Kakuei Tanaka e Takeo Fukuda. Nos anos 2000, o conflito está simbolizado na diferentes visões de Junichiro Koizumi e Yukio Hatoyama.
Abstract This paper aims to establish a typology to identify patterns in domestic japanese policy and its relation with issues on foreign and security policies since the end of World War II until 2010, finishing with considerations regarding contemporary conjuncture. In that sense, this paper analyzes the dyad of the regional insertion process of Japan. The dyad is made of a search for better relations with the People's Republic of China (PRC) on one side, and by the privilege made by the political and security alliance with the United States on the other. This dyad is reflected on minor dyads, expressed by the confrontation of two prominent leaderships in each of the three analyzed periods. On the 50s, the confrontation is between Shigeru Yoshida and Ichiro Hatoyama. On the 70s, the rivalry happened between Kakuei Tanaka and Takeo Fukuda. On the 2000s, the conflict is symbolized by the different visions of Junichiro Koizumi and Yukio Hatoyama.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/140658
Arquivos Descrição Formato
000989163.pdf (287.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.