Repositório Digital

A- A A+

A relevância da utilização de mão-de-obra temporária nas agências do Banco do Brasil na cidade de Florianópolis (SC)

.

A relevância da utilização de mão-de-obra temporária nas agências do Banco do Brasil na cidade de Florianópolis (SC)

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A relevância da utilização de mão-de-obra temporária nas agências do Banco do Brasil na cidade de Florianópolis (SC)
Autor Mattos, José Luiz Monteiro
Orientador Grisci, Carmem Ligia Iochins
Data 2007
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Curso de especialização a distância: Gestão de negócios financeiros - Banco do Brasil.
Assunto Administração de recursos humanos
Banco do Brasil.
Recrutamento de pessoal
Selecao : Administracao de pessoal
Trabalho temporario
Resumo Com a estabilização da economia brasileira, iniciou-se uma intensa reestruturação operacional nos bancos que compreendeu a redução dos custos, o crescimento do uso da informática e a terceirização da mão-de-obra. Os bancos começaram a priorizar o auto-atendimento, o aumento do número de agências em funcionamento, modificando hábitos e a forma de se relacionar com a clientela na organização e fechamento de seus negócios. A contratação do trabalho temporário é uma destas alterações e pensando nisso objetivou-se avaliar se o processo de seleção, o treinamento disponibilizado e a alocação da mão-de-obra temporária, são adequados e atendem as necessidades e os objetivos do Banco do Brasil nas Agências de Florianópolis (SC). A pesquisa é caracterizada como qualitativa com estudo de caso. O método foi escolhido por entender que as questões levantadas nos objetivos da pesquisa, que são analisar o método de contratação adotado pelo Banco do Brasil, não permitirá intervensão ou alteração. O grupo de sujeitos do estudo será composto pelos Gerentes das dezoito agências do Banco do Brasil S.A., no município de Florianópolis (SC), e os funcionários, das mesmas dezoito agências, a quem os trabalhadores temporários estarão subordinados após a contratação. Para tanto foram utilizados dois instrumentos de pesquisa, onde por meio de questionários individuais buscar-se-a analisar o processo de recrutamento e seleção, o treinamento e alocação de mão-de-obra temporária, bem como sua adequação as necessidades e objetivos do Banco do Brasil. Para tratamento dos dados coletados que são primários, pois serão coletados pelo próprio pesquisador a partir da aplicação dos questionários, os mesmos serão transcritos e tabulados em padrão comum, utilizando a técnica de análise de conteúdo descritivo. Analisando a relevância da utilização da mão-de-obra temporária nas Agências do Banco do Brasil em Florianópolis (SC), concluiu-se que ela é útil quando executa tarefas de menor complexidade; não deveria estar sozinha nas salas de auto-atendimento; necessitam de treinamento para que não prestem informações imprecisas; não substituem um funcionário a contento;e que quando da seleção o funcionário a quem ficará subordinado deve participar de todo o processo.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/14087
Arquivos Descrição Formato
000649432.pdf (271.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.