Repositório Digital

A- A A+

Avaliação da suscetibilidade à erosão da bacia hidrográfica do Alto Camaquã - RS

.

Avaliação da suscetibilidade à erosão da bacia hidrográfica do Alto Camaquã - RS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação da suscetibilidade à erosão da bacia hidrográfica do Alto Camaquã - RS
Autor Cunha, Henrique Noguez da
Orientador Saldanha, Dejanira Luderitz
Data 2016
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Centro Estadual de Pesquisas em Sensoriamento Remoto e Meteorologia. CENTRO ESTADUAL DE PESQUISAS EM SENSORIAMENTO REMOTO E METEOROLOGIA.
Assunto Camaquã, Bacia sedimentar do (RS)
Sensoriamento remoto
Sistema de Informações Geográficas
[en] Geographic information system (GIS)
[en] High Camaquã watershed
[en] Remote sensing
[en] Susceptibility to erosion
Resumo A exploração excessiva dos recursos naturais e o uso desordenado do espaço buscando uma rentabilidade máxima dos sistemas, originou uma intensa preocupação com as implicações ambientais resultantes da falta de gestão do espaço natural. Para o estudo dos processos de degradação ambiental é necessário analisar os elementos do meio físico e antrópico que participam desse processo, onde a espacialização das informações requer a utilização de sistemas e modelos nos quais seja possível integrar os dados. Nesse sentido, o objetivo do presente trabalho foi avaliar e espacializar os graus de suscetibilidade à erosão na Bacia Hidrográfica do Alto Camaquã com base em geotecnologias, em especial o sensoriamento remoto e o Sistema de Informações Geográficas. Foram avaliados os aspectos físicos e antrópicos da bacia hidrográfica de acordo com o grau de suscetibilidade à erosão. Os resultados da suscetibilidade à erosão da Bacia Hidrográfica do Alto Camaquã tenderam à “estabilidade/ suscetibilidade mediana” com 3.111,5 km² (60,7%) e menor representação das classes “Estável” com 138,4 km² (2,7%), Moderadamente Estável” com 1358,4 km² (26,5%), “Moderadamente Suscetível” com 389,5 km² (7,6%) e “Suscetível” com 128,2 km² (2,5%), contudo, a avaliação dos parâmetros físicos e antrópicos analisados separadamente resultaram em duas regiões distintas. (1) Na região oeste os aspectos físicos tendem à estabilidade e os aspectos antrópicos à suscetibilidade, caracterizados pela mecanização agrícola sobre relevo plano à suave ondulado. (2) Na região leste, o meio físico tende à suscetibilidade e o uso da terra à estabilidade, cujo relevo apresenta, em grande parte, alta declividade e presença de morros com afloramento rochoso, condições inaptas às atividades agrícolas intensivas.
Abstract The excessive exploration of natural resources and the uncontrolled use of the territory, seeking a maximum profitability of the systems, has caused an intense concern about the environmental implications arising from lack of management of the natural areas. The environmental degradation processes are analyzed by the physical environment elements and the land covers and land uses included in the process, when data are integrated by geographical information systems and spatial models. In this sense, the objective of this study was to evaluate the susceptibility to erosion in the watershed of the Upper Camaquã river based on geotechnology, with emphasis in remote sensing and Geographic Information Systems. We evaluated the physical and anthropic aspects of the watershed according to the degree of susceptibility to erosion The Upper Camaquã watershed showed "stability/median susceptibility" with 3.111,5 square kilometers (60,7%) and lower representation of classes "Stable" with 138.4 km² ( 2.7%) “Moderately Stable " with 1358.4 square kilometers (26.5%) , " Moderately Susceptible" with 389.5 km² (7.6%) and "Susceptible" with 128.2 square kilometers (2.5%), however, two regions occurred when the physical and anthropogenic components were considered separately: (1) The western region with stable physical aspects, susceptible anthropogenic aspects and agricultural mechanization on flat to gently rolling terrains; (2) the eastern region with susceptible physical environment, stable land use, where terrain has largely, steep slopes and hilly terrains with rocky outcrop, unfit conditions to intensive agricultural activities.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/140931
Arquivos Descrição Formato
000991833.pdf (12.62Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.