Repositório Digital

A- A A+

Apropriação da internet por adolescentes : novas realidades, novos perigos

.

Apropriação da internet por adolescentes : novas realidades, novos perigos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Apropriação da internet por adolescentes : novas realidades, novos perigos
Autor Cunha, Rejane Nissola da
Orientador Tijiboy, Ana Vilma
Data 2010
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Centro de Estudos Interdisciplinares em Novas Tecnologias da Educação. Curso de Especialização em Mídias na Educação.
Assunto Adolescente
Aluno
Bullying
Internet
Professor
Resumo Este trabalho estuda a forma como os adolescentes utilizam a Internet nos dias atuais e a visão de pais e professores sobre o assunto. A abordagem utilizada na pesquisa foi a quantiqualitati-va, através de um estudo de caso. O referencial teórico aborda tal tema iniciando por contextualizar o cenário atual num viés social e tecnológico. Segue-se, então, para uma des-crição sobre o cenário educacional. O terceiro capítulo discorre sobre a adolescência nos tempos modernos, suas características e peculiaridades em relação a outras gerações. Dando sequência, é apresentado um relato envolvendo alunos do ensino médio, de uma escola públi-ca estadual do município de Porto Alegre. Onde se constatou que os adolescentes utilizam no seu dia a dia a Internet e acessam, principalmente, sites de relacionamentos como Orkut e MSN, tendo sido notada certa falta de cuidado com o acesso a alguns conteúdos na rede, o que preocupa os pais. Os adolescentes afirmam não terem medo ao acessar a Internet, aces-sam sites não recomendados para sua idade e publicam fotos e vídeos em seus sites de relacionamento. Os pais, pelo contrário, se preocupam e sentem insegurança quando seus fi-lhos estão conectados à rede. Tanto pais como professores dizem dar orientações quanto ao uso correto da rede, porém, os mesmos não controlam os conteúdos acessados pelos adoles-centes. Os alunos demonstraram conhecer o fenômeno ciberbullying, a maioria nunca foi vítima de tal crime, porém quase metade dos alunos conhece alguém que já foi alvo de tal crime. Os adolescentes confiam em seus pais na hora de consultá-los, caso venham a ser víti-mas de algum crime na Internet, no entanto, a mesma confiança não é transmitida pelos professores. Devemos aproximar mais a escola dos interesses dos alunos através de profundas mudanças de concepções e paradigmas de educação, associando as tecnologias de informação e comunicação, tão presente na vida fora da escola, ao cotidiano escolar.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/141446
Arquivos Descrição Formato
000991901.pdf (469.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.