Repositório Digital

A- A A+

Vaidade e consumo : como a vaidade física influencia o comportamento do consumidor

.

Vaidade e consumo : como a vaidade física influencia o comportamento do consumidor

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Vaidade e consumo : como a vaidade física influencia o comportamento do consumidor
Autor Abdala, Paulo Ricardo Zilio
Orientador Rossi, Carlos Alberto Vargas
Data 2008
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Programa de Pós-Graduação em Administração.
Assunto Comportamento do consumidor
Consumo : Aspectos psicológicos
Decisão de compra
Marketing de relacionamento
Perfil do cliente
Pesquisa de marketing
Satisfação do consumidor
[en] Beauty
[en] Consumer behavior
[en] Marketing
[en] Qualitative research
[en] Vanity
Resumo É objetivo deste trabalho, compreender como a vaidade física feminina influencia o consumo de produtos e serviços de beleza. A partir de uma metodologia qualitativa baseada em entrevistas, motivações e estratégias de consumo utilizadas pelas mulheres na modificação e melhoria da aparência física foram reveladas e organizadas em um esquema conceitual. Em termos de consumo, a vaidade física mostrou-se um conceito ambivalente podendo originar um construto positivo, a vaidade equilibrada, e um construto negativo, a vaidade extrema. A natureza controversa dos resultados encontrados motivou uma discussão final sobre os limites éticos das práticas de marketing que influenciam o auto-conceito feminino sobre beleza e aparência física.
Abstract It is the objective of this work to comprehend how the physical vanity influences the consumption of beauty products and services. Using a qualitative methodology based on interviews, consumption motivations and strategies employed by women in the search for modifying and enhancing physical appearance were revealed and organized in a conceptual schema. In terms of consumption, the physical vanity turned up to be an ambiguous concept, originating a positive construct, balanced vanity, and a negative construct, extreme vanity. The controversial nature of the results motivated a final discussion about the ethical limits of the marketing practices that influence the female self concept about beauty and physical appearance.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/14147
Arquivos Descrição Formato
000656887.pdf (1.161Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.