Repositório Digital

A- A A+

Caminhos e descaminhos na capacitação de professores em tecnologias educacionais

.

Caminhos e descaminhos na capacitação de professores em tecnologias educacionais

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Caminhos e descaminhos na capacitação de professores em tecnologias educacionais
Autor Silva, Cristiane de Carvalho Vianna da
Orientador Tijiboy, Ana Vilma
Data 2010
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Centro de Estudos Interdisciplinares em Novas Tecnologias da Educação. Curso de Especialização em Mídias na Educação.
Assunto Formação de professores
Tecnologia educacional
Resumo As tecnologias estão cada vez mais presentes em nosso cotidiano e, para atender a demanda dos alunos que já estão imersos no meio digital, a escola precisa repensar as suas concepções de ensino e aprendizagem, capacitar os professores no uso adequado dessas tecnologias e dar conta de novas práticas pedagógicas. Assim, o governo federal desenvolveu o ProInfo, programa que visa incorporar tecnologias na prática pedagógica docente, através de cursos de formação continuada. Estas capacitações são bem direcionadas pelo Ministério de Educação e Cultura (MEC) e a plataforma utilizada é o E-ProInfo. Neste contexto, por se tratar de uma experiência profissional nova para esta autora, a de professora formadora em um curso EAD (semi-presencial) intitulado “Tecnologias na Educação: ensinando e aprendendo com as Tecnologias da Informação e Comunicação” no município de Sapucaia do Sul, para professores que atualmente são coordenadores dos laboratórios de informática das escolas da rede municipal. Surgiu assim a necessidade de saber como ministrar uma formação de qualidade para profissionais totalmente desconhecidos? Conhecer os professores-cursistas da formação em questão e ainda verificar qual a relação existente entre o conhecimento/domínio dos professores, participantes da formação, em relação às TIC e sua prática pedagógica antes do curso. Assim foi objetivo do presente trabalho conhecer e identificar o perfil dos professores que estão envolvidos como cursistas nesta formação, para assim poder capacitar já nesse curso, a partir do seu perfil e desenvolver uma formação que realmente atinjisse os participantes de forma significativa para que estes levassem para suas práticas docentes e pudessem ser multiplicadores das aprendizagens construídas e adquiridas durante a formação. Concluímos através de pesquisa, aplicação de questionário e observação direta que as formações em TIC‟s devem levar em consideração o contexto dos professores levando-os a refletirem sobre suas próprias práticas e não apenas ensinar-lhes a manipular as novas tecnologias. Também percebemos que existem diversos tipos de perfis profissionais e pessoais, nos quais alguns mostram-se “auto-motivados” enquanto a maioria mostra-se “acomodada”, e assim, enquanto formadores precisamos aprender a “lidar” com todo tipo de perfil de professor, pois estes são os profissionais que estão à frente da Educação do Brasil atualmente.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/141537
Arquivos Descrição Formato
000991992.pdf (3.417Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.