Repositório Digital

A- A A+

Da teoria ao estágio, do estágio à teoria : Leitura, escrita e concordância

.

Da teoria ao estágio, do estágio à teoria : Leitura, escrita e concordância

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Da teoria ao estágio, do estágio à teoria : Leitura, escrita e concordância
Autor Leivas, Mariana Molina de Oliveira
Orientador Sturm, Ingrid Nancy
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Curso de Letras: Português e Literatura Portuguesa: Licenciatura.
Assunto Ensino de língua portuguesa
Ensino fundamental
Ensino médio
Interação social
Linguagem e línguas
Livro didático
Sociolingüística
Texto
Resumo Pretende-se nesse trabalho evidenciar a realidade da situação de Língua Portuguesa nos ensinos fundamental e médio, elaborado a partir de experiências nos Estágio de Docência em Português I e II, do curso de Licenciatura em Letras. Apesar da existência dos PCN e dos Referencias Curriculares, o ensino da língua pouco tem evoluído nas escolas da rede pública de ensino nos últimos tempos. Percebemos que os professores continuam priorizando o ensino gramatical, com frases fora do contexto, seguem ensinando o emprego da língua sem considerar as variantes linguísticas. Faremos uma análise de partes do livro didático, material de apoio pedagógico distribuído pelo Ministério da Educação, que trabalha a concordância, uma das maiores dificuldades do usuário da língua, é preciso ensinar as normas linguísticas, levando em conta as variantes próprias do aluno, sua história como sujeito, sem desprezar as formas da oralidade e as consideradas não padrão. Iremos, também, analisar produções de alunos, selecionadas para discutir sobre as consequências que o ensino inadequado da língua pode trazer. O objetivo com este trabalho é refletir sobre o ensino da língua a partir do texto, para desenvolver a leitura, a produção de textos e partindo dessas produções, trabalhar as dificuldades da escrita apresentadas pelos alunos, à luz da sociolinguística. Constatamos que as práticas de ensino devem ter como base variados gêneros de texto e que precisamos dar condições ao aluno de exercer legitimamente a língua em qualquer situação de interação social, em sua produção falada ou escrita.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/141693
Arquivos Descrição Formato
000992589.pdf (1.881Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.