Repositório Digital

A- A A+

Tales, tellers and authors : Angela Carter, the Complex Fairy Tale and “The Tiger’s Bride”

.

Tales, tellers and authors : Angela Carter, the Complex Fairy Tale and “The Tiger’s Bride”

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Tales, tellers and authors : Angela Carter, the Complex Fairy Tale and “The Tiger’s Bride”
Autor Monteiro, Luiza de Melo
Orientador Alexander, Ian
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Curso de Letras: Português e Inglês: Licenciatura.
Assunto Carter, Angela, 1940-1992
Contos de fadas
Identidade feminina
Literatura inglesa
Sexualidade feminina
Resumo Embora o livro de contos de fada da autora Britânica Angela Carter, The Bloody Chamber and Other Stories, frequentemente seja elogiado por sua originalidade e pioneirismo, ele também ocupa um espaço em uma longa linhagem de contos de fada complexos e política e textualmente conscientes de si, escritos por e para mulheres adultas; tradição esta que data do século XVII. No conto “The Tiger’s Bride”, Carter estabelece um diálogo intertextual com tal tradição ao reescrever “A Bela e a Fera”, um conto com um histórico de autoria feminina. O presente artigo contextualiza Carter na tradição complexa dos contos de fadas, analisando “The Tiger’s ride” em vista de sua exploração dos conceitos de identidade, sexualidade feminina, artifício e natureza, e em vista de seu diálogo único com outras autoras de contos de fadas.
Abstract While British author Angela Carter’s fairy tale book, The Bloody Chamber and Other Stories, is often praised for its pioneering originality, it also has a place in a long lineage of complex, politically and textually savvy fairytales written by and for adult women which dates back to the 17th Century. In the tale “The Tiger’s Bride”, Carter establishes intertextual dialogue with such a tradition by rewriting “Beauty and the Beast”, a tale with a history of female authorship. This paper contextualizes Carter’s writing within the complex tradition of fairy tale, analyzing “The Tiger’s Bride” in view of its exploration of identity, female sexuality, artifice and nature, and its unique dialogue with other women authors of fairytale.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/141743
Arquivos Descrição Formato
000992355.pdf (496.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.