Repositório Digital

A- A A+

Repensando o papel do trabalho experimental, na aprendizagem da física, em sala de aula : um estudo exploratório

.

Repensando o papel do trabalho experimental, na aprendizagem da física, em sala de aula : um estudo exploratório

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Repensando o papel do trabalho experimental, na aprendizagem da física, em sala de aula : um estudo exploratório
Outro título Laboratory activities and physics learning at high school : an exploratory study in portuguese settings
Autor Neves, Margarida Saraiva
Moreira, Marco Antonio
Caballero Sahelices, María Concesa
Resumo Apresentam-se os resultados de um estudo exploratório integrado numa investigação mais ampla que visa a promoção de Aprendizagem Significativa na área da Física, centrada em Trabalho Experimental, com recurso a instrumentos metacognitivos. Com o presente estudo procurou fazer-se um levantamento de situações promotoras de aprendizagem em sala de aula, no domínio da Física, baseadas em Trabalho Experimentais, em quatro escolas portuguesas, da área da Grande Lisboa. Para fazer uma recolha de opiniões aplicaram-se questionários a alunos do Ensino Secundário e respectivos professores e entrevistaram-se dois docentes e cinco alunos. Com base nas respostas dadas, pode afirmar-se que, nas escolas pesquisadas, o Trabalho Experimental realizado em sala de aula tem uma frequência pequena e assume, quase sempre, a forma de demonstração feita pelo docente, para toda a turma. Professores e alunos, reconhecem as potencialidades do Trabalho Experimental, na promoção de aprendizagem. As situações em que os alunos se limitam a seguir instruções ou a observar a experiência realizada pelo professor são as que menos contribuem para a aprendizagem. Quer docentes quer alunos reconhecem ser essencial que estes disponham de uma boa fundamentação teórica que suporte a compreensão do Trabalho Experimental. Apesar dos professores apontarem vários problemas que, do seu ponto de vista, afecta a promoção de aprendizagem centrada em Trabalho Experimental, registam-se poucas referência a estratégias e metodologias, como o recurso a computadores para aquisição e tratamento de dados ou a propostas de tarefas com questões abertas, que a investigação em Educação em Ciências tem referenciado como potenciadoras de aprendizagem.
Abstract In this paper we present findings of an exploratory study, included in a wider investigation which intends to promote meaningful learning of physics concepts, based on experimental work and supported by metacognition tools. The aim of this research was to recognize promoting learning situations in Physics lab. Interviews and questionnaires were applied to teachers and students from four Lisbon high schools. Results show that lab work in physics has a low frequency and, generally, has a demonstration format. Both teachers and students recognize potentialities of lab work to promote learning. Learning is poor when students just observe and/or accomplish commands. Both teachers and students consider the relation theory/experimentation and students doing themselves as fundamental to achieve better learning. In addition to pointing out several problems concerning lab work, teachers envisage it in a very traditional way. So, innovative strategies and methodologies, such as computer use and open-ended problems, pointed by research in science investigation as promoting learning, are left aside.
Contido em Investigações em ensino de ciências. Porto Alegre. Vol. 11, n. 3 (dez. 2006), p. 383-401
Assunto Aprendizagem significativa
Ensino de fisica
[en] Experimental work
[en] High school
[en] Learning
[en] Physics
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/141761
Arquivos Descrição Formato
000595707.pdf (99.67Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.