Repositório Digital

A- A A+

Composição e estrutura em assembleias de peixes em duas lagoas costeiras no litoral médio do Rio Grande do Sul

.

Composição e estrutura em assembleias de peixes em duas lagoas costeiras no litoral médio do Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Composição e estrutura em assembleias de peixes em duas lagoas costeiras no litoral médio do Rio Grande do Sul
Autor Dias, Tatiana Schmidt
Orientador Fialho, Clarice Bernhardt
Data 2015
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Biociências. Programa de Pós-Graduação em Biologia Animal.
Assunto Barros, Lagoa dos (RS)
Peixes : Lagoas costeiras : Integridade biologica
Resumo O presente estudo teve como objetivo caracterizar, em uma escala espaço-temporal, as assembleias de peixes das lagoas dos Barros e Corvina, quanto à sua composição, ocorrência, abundância, biomassa, diversidade, dominância e equitabilidade das espécies, além de verificar suas relações com as variáveis ambientais. Estas lagoas estão situadas no litoral médio do Rio Grande do Sul e pertencem à bacia do rio Tramandaí. Esta região foi considerada de elevada importância biológica no contexto da zona costeira brasileira por apresentar ambientes heterogêneos e produtivos, abrigando uma grande diversidade biológica e alto endemismo de espécies ícticas. Estas lagoas isoladas de água doce apresentam características morfométricas diferenciadas, principalmente quanto à área de superfície, volume e profundidade. As coletas foram realizadas mensalmente, entre abril de 2010 e março de 2011. Na lagoa dos Barros, quatro locais foram amostrados com rede de arrasto, e três com redes de espera, enquanto na lagoa Corvina, dois locais foram amostrados com rede de arrasto e dois com redes de espera. Os locais de amostragem foram escolhidos de acordo com as variações das características ambientais de cada lagoa. Na lagoa dos Barros foram capturadas 51 espécies, sendo 46 amostradas com rede de arrasto e 28 com redes de espera. Na lagoa Corvina foram amostradas 49 espécies, sendo 40 coletadas com rede de arrasto e 28 com redes de espera. Em ambas as lagoas, Characiformes e Labriformes apresentaram maior número de espécies na rede de arrasto, enquanto Characiformes e Siluriformes predominaram nas redes de espera. Temporalmente, em ambas as lagoas, a maior abundância de indivíduos e biomassa ocorreu nos meses de primavera e verão na rede de arrasto, enquanto nas redes de espera, os maiores valores de abundância e biomassa foram registrados nos meses de outono e inverno. Diferencas estatisticamente significantes na abundância e biomassa de espécies entre as diferentes artes de pesca foram detectadas em ambas as lagoas. Lagoa dos Barros: os resultados das análises estatísticas revelaram diferenças espaciais e sazonais para abundância e biomassa das espécies coletadas com rede de arrasto, enquanto para as redes de espera, somente diferenças sazonais foram observadas. A diversidade e a dominância de espécies na rede de arrasto diferiram espacial e sazonalmente, enquanto para as redes de espera estes índices variaram sazonalmente. A equitabilidade de espécies não variou sazonal ou espacialmente. O fotoperíodo foi o principal preditor da variação da abundância em ambos os amostradores, e também foi o principal preditor da biomassa na rede de arrasto. A vegetação foi a principal responsável pelas variações da diversidade e dominância de espécies na rede de arrasto, enquanto nas redes de espera, o fotoperíodo e a profundidade foram os principais preditores destes índices. Através da análise de correspondência, verificou-se que a variação na abundância das espécies coletadas com rede de arrasto esteve relacionada à vegetação, substrato, profundidade e temperaturas do ar e da água. Nas redes de espera, a variação na distribuição da abundância das espécies de peixes foi explicada pelas temperaturas da água e do ar, fotoperíodo, profundidade e pluviosidade. Lagoa Corvina: os resultados das análises estatísticas revelaram diferenças espaciais e sazonais para a abundância e somente diferenças sazonais para biomassa na rede de arrasto, enquanto nas redes de espera somente diferenças sazonais foram observadas. A diversidade de espécies diferiu sazonalmente somente na rede de arrasto, enquanto a dominância e a equitabilidade não diferiram espacial e sazonalmente em ambos os amostradores. A temperatura da água e a vegetação foram os principais responsáveis pela abundância, enquanto o fotoperíodo foi o principal preditor da biomassa de espécies nas redes de arrasto. A temperatura do ar e o fotoperíodo foram os principais preditores da diversidade de espécies coletadas com rede de arrasto, enquanto para as redes de espera, a temperatura da água e a profundidade foram os principais responsáveis por este índice. O fotoperíodo foi o principal preditor da dominância e da equitabilidade de espécies amostradas com rede de arrasto. Através da naálise de correspondência, verificou-se que a variação na abundância das espécies coletadas com rede de arrasto esteve relacionada à profundidade. Nas redes de espera, a variação na distribuição da abundância das espécies de peixes foram explicadas pelas temperaturas da água e do ar e fotoperíodo. A partir dos resultados encontrados neste estudo, pode-se concluir que ocorrem diferenças sazonais e espaciais no padrão de distribuição das espécies amostradas com rede de arrasto, enquanto as assembleias amostradas com redes de espera apresentaramm somente diferenças sazonais nas lagoas dos Barros e Corvina. As relações das espécies com as variáveis ambientais são discutidas com base no comportamento alimentar e/ou reprodutivo destas e nas características dos diferentes ambientes amostrados.
Abstract This study aimed to characterize, in a spatial and temporal scale, the fish assemblage of Lagoa dos Barros and Lagoa Corvina, as to its composition, occurrence, abundance, biomass, diversity, dominance and species equitability by checking its relations with the environmental variables. These lakes are situated in the middle coastal plain of Rio Grande do Sul State and belong to the Tramandaí River basin. This region was considered of high biological significance in the context of the Brazilian coastal zone by presenting heterogeneous and productive environments, showing a high biodiversity and high endemism of fish species. These freshwater isolated lakes have different morphological features, especially as the surface area, volume and depth. Samples were collected monthly between April 2010 and March 2011. In Lagoa dos Barros, four sites were sampled with seine net and three with gillnets, while in Lagoa Corvina, two sites were sampled with seine net and two with gillnets. Sampling sites were chosen according to the variation of environmental characteristics of each lake. In Lagoa dos Barros were captured 51 species, 46 sampled by seine net and 28 with gillnets. In Lagoa Corvina were sampled 49 species, 40 collected by seine net and 28 with gillnets. In both lakes, Characiformes and Labriformes presented greater number of species in the seine net, while Characiformes and Siluriformes predominated in gillnets. Temporally, in both lakes, the highest abundance and biomass occurred in the months of spring and summer in seine net, while in gillnets, the highest values of abundance and biomass were recorded in the months of autumn and winter. Significant statistically differences in the abundance and biomass of species between the different samplers were detected in both lakes. Lagoa dos Barros: statistical analyzes results showed spatial and seasonal differences in abundance and biomass of the species collected by seine net, while for gillnets, only seasonal differences were observed. The diversity and the dominance of species in the seine net differ spatially and seasonally, while for gillnets these indexes varied seasonally. The species evenness did not vary seasonally or spatially. Photoperiod was the major predictor of variation in abundance in both samplers, and it was also the major predictor of biomass in the seine net. Vegetation was the main responsible for the variations of diversity and dominance of species in the seine net while in the gillnets, the photoperiod and depth were the main predictors of these indexes. Through correspondence analysis, it was found that the variation in the abundance of species collected with seine net was related to vegetation, substrate, depth and temperature of air and water. In gillnets, the variation in species abundance was explained by the temperatures of water and air, photoperiod, depth and rainfall. Lagoa Corvina: statistical analyzes results showed spatial and seasonal differences in abundance, and only seasonal differences for biomass in seine net, while in gillnets only seasonal differences were observed. The species diversity differed only seasonally in the seine net, while the dominance and evenness did not differ spatially and seasonally in both samplers. The water temperature and vegetation were primarily responsible for abundance, while the photoperiod was the main predictor of biomass species in seine net. The air temperature and photoperiod were the main predictors of the species diversity collected by seine net, while for gillnets, water temperature and depth were the main responsible for this index. Photoperiod was the main predictor of dominance and evenness of species sampled in seine net. Through correspondence analysis, it was found that the variation in the abundance of species collected by seine net was related to depth. In gillnets, the variation in species abundance were explained by the temperatures of water and air and photoperiod. From the results of this study, it can be concluded occurring seasonal and spatial differences in the distribution pattern of the species sampled in the seine net, while the assemblages sampled with gillnets showed only seasonal differences in Lagoa dos Barros and Lagoa Corvina. The relationships between the species and the environmental variables are discussed based on the feeding and/or reproductive behavior and the characteristics of the different study sites.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/141872
Arquivos Descrição Formato
000990342.pdf (4.237Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.