Repositório Digital

A- A A+

Desafios do novo acordo de Basiléia para o gerenciamento do risco operacional de instituições financeiras

.

Desafios do novo acordo de Basiléia para o gerenciamento do risco operacional de instituições financeiras

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Desafios do novo acordo de Basiléia para o gerenciamento do risco operacional de instituições financeiras
Autor Luduwig, Rosinei Germana Buzolin
Orientador Brodbeck, Angela Freitag
Data 2007
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Curso de especialização a distância: Gestão de negócios financeiros - Banco do Brasil.
Assunto Banco do Brasil.
Gestao tecnologica
Risco operacional
Sistemas de informação
Resumo Mudanças significativas no ambiente financeiro mundial, tais como a integração entre os mercados por meio do processo de globalização, o aumento da sofisticação tecnológica tornaram as atividades, os processos financeiros e seus riscos cada vez mais complexos. Esses fatores influenciaram para que houvesse preocupação global com a gestão de riscos por parte dos órgãos regulamentares e das instituições financeiras.Diante deste cenário, o comitê de Basiléia1 publicou em 26.06.2004 o novo acordo de exigência de capital, popularmente conhecido como Basiléia II. O presente trabalho, amparado em pesquisas bibliográficas e estudo de múltiplos casos, buscou, com foco na gestão do risco operacional, analisar as principais mudanças apresentadas pelo novo acordo, identificar o estágio em que se encontram os métodos de alocação de capital das instituições financeiras e os principais desafios para implementação das recomendações de Basiléia II. Com base nos resultados, evidencia-se que o novo acordo representou um grande avanço para o gerenciamento do risco operacional, que passou a ser tratado como uma categoria de risco distinta, com exigência de alocação de capital específico e com detalhamento de abordagens para cálculo.Os bancos analisados estão desenvolvendo modelos internos de gerenciamento de risco operacional e a expectativa é que os mesmos sejam aprovados pelos órgãos reguladores na categoria de Abordagem de Mensuração Avançada (AMA). Quanto ao cronograma determinado pelo comunicado Bacen 12.746, acreditam que irão conseguir cumprilo. Os maiores desafios para implementação das recomendações do novo acordo de capital estão relacionados à construção da base de dados dos eventos de perdas operacionais, à necessidade de investimentos em alterações tecnológicas, à complexidade dos processos apresentada por grandes bancos e à disseminação da cultura e da política de gestão de risco operacional na instituição.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/14195
Arquivos Descrição Formato
000649739.pdf (235.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.