Repositório Digital

A- A A+

Avaliação da morte celular e da indução autofágica em linhagem de adenocarcinoma gástrico por meio do tratamento combinado in vitro com 5-fluoracila e SMER28

.

Avaliação da morte celular e da indução autofágica em linhagem de adenocarcinoma gástrico por meio do tratamento combinado in vitro com 5-fluoracila e SMER28

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação da morte celular e da indução autofágica em linhagem de adenocarcinoma gástrico por meio do tratamento combinado in vitro com 5-fluoracila e SMER28
Autor Viegas, Gabrihel Stumpf
Orientador Bonatto, Diego
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Biociências. Curso de Ciências Biológicas: Bacharelado.
Assunto Adenocarcinoma
Autofagia
Resumo O CG está entre os tipos de câncer mais comuns e apresenta altas taxas de morbidade e mortalidade ao redor do mundo. Na tentativa de contornar a resistência e minimizar os efeitos colaterais da quimioterapia, trabalhos recentes baseados na combinação entre quimioterápicos e moduladores autofágicos surgem como alternativa terapêutica. A autofagia é um processo catabólico estresse-induzido baseado no sequestro e no transporte de componentes celulares para a degradação lisossômica. Dessa forma, a autofagia participa da proliferação de neoplasias, atuando ora como mecanismo supressor ora como mecanismo promotor tumoral. Por isso, este trabalho teve como objetivo analisar a combinação do SMER28 com o 5-FU em células da linhagem epitelial gástrica MNP01 e da linhagem tumoral gástrica ACP02. Os níveis autofágicos foram avaliados por meio da marcação com laranja de acridina, enquanto as mortes apoptótica e necrótica foram avaliadas pela marcação com anexina e iodeto de propídio, respectivamente. Este trabalho mostrou que o SMER28 aumenta a autofagia, sem aumentar o número de células autofágicas, induzida pelo 5-FU em células da linhagem ACP02. Além disso, o SMER28 aumentou a morte apoptótica e não alterou a morte necrótica induzida pelo 5-FU em células da linhagem ACP02. Considerando a ascensão dos níveis autofágicos observados neste trabalho, é possível que o SMER28 tenha intensificado a formação de autofagossomos induzida pelo 5-FU nas células da linhagem ACP02. Ainda, considerando o aumento da morte por apoptose observada neste trabalho, é possível que o reforço autofágico promovido pelo SMER28 também possa intensificar a apoptose induzida pelo 5-FU nas células da linhagem ACP02. Por fim, como o SMER28 não fortalece a nocividade natural do 5-FU em células da linhagem MNP01, é possível que essa combinação apresente efeitos colaterais menos severos que a terapia combinando quimioterápicos em pacientes com malignidades gástricas. Em síntese, este trabalho mostrou que o SMER28 potencializa o efeito antitumoral do 5-FU ao reforçar a morte por apoptose em células tumorais gástricas. Estes resultados, inicialmente, demonstraram o potencial do SMER28 como agente terapêutico.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/142179
Arquivos Descrição Formato
000989671.pdf (941.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.