Repositório Digital

A- A A+

Investigação das estratégias de ensino mnemônicas utilizadas no ensino de Ciências Naturais

.

Investigação das estratégias de ensino mnemônicas utilizadas no ensino de Ciências Naturais

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Investigação das estratégias de ensino mnemônicas utilizadas no ensino de Ciências Naturais
Autor Martins, Alexandre Cristante
Orientador Moço, Maria Cecília de Chiara
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Biociências. Curso de Ciências Biológicas: Licenciatura.
Assunto Sala de aula
Técnicas de ensino
Resumo Introdução: Atualmente o processo de ensino-aprendizagem nas escolas brasileiras ainda seguem propostas defasadas de currículos educativos atrelados a estratégias didático-pedagógicas questionáveis. Consequentemente, o desenvolvimento educacional de novas habilidades e competências que estimulem o raciocínio lógico dos alunos nas aulas de Ciências Naturais, a fim de torná-los capazes de resolverem situações-problema futuras, tem sido prejudicado. Objetivo: Analisar uma estratégia de ensino potencialmente explorável em sala de aula que auxilie os alunos a internalizarem conhecimentos a médio e longo prazo, por meio da aprendizagem associativa e significativa, que possam ser resgatados de forma hierarquizada quando necessários para a resolução de situações-problema. Métodos: Priorizou-se o estudo das estratégias de ensino mnemônicas utilizadas em sala de aula ou recomendadas por professores das áreas de Ciências e Biologia. Educadores foram convidados formalmente por e-mail para serem entrevistados sobre a temática deste trabalho, mas sem relatar qualquer detalhe aprofundado sobre o assunto no momento do convite. Um roteiro de entrevistas semi-estruturado com 5 perguntas foi elaborado. Os diálogos das entrevistas foram integralmente gravados para posterior análise. Resultados: Identificaram-se 11 dispositivos mnemônicos diferentes utilizados em sala de aula pelos docentes entrevistados. Todos os dispositivos foram classificados de acordo com categorias preestabelecidas. Após uma análise reflexiva sobre sua implementação, adaptações aos dispositivos foram sugeridas. Apenas um dos seis docentes entrevistados mostrou-se contra a criação de um acervo com dispositivos mnemônicos. Considerações finais: As instituições de ensino e seus educadores devem repensar suas práticas didáticas, procurando ampliá-las com metodologias que facilitem com que conhecimentos sejam aprendidos e possam ser utilizados em circunstâncias onde o lado investigativo e crítico dos alunos seja explorado. A certificação de que uma base de conhecimentos esteja se construindo com os alunos de forma eficiente, a partir da qual conseguirão operá-los quando questionados ou sujeitos a situações-problema mais complexas no futuro, é de essencial importância.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/142202
Arquivos Descrição Formato
000989345.pdf (615.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.