Repositório Digital

A- A A+

A tecnologia da informação a serviço da gestão do portfólio de clientes em unidades regionais de reestruturação de ativos do Banco do Brasil S.A.

.

A tecnologia da informação a serviço da gestão do portfólio de clientes em unidades regionais de reestruturação de ativos do Banco do Brasil S.A.

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A tecnologia da informação a serviço da gestão do portfólio de clientes em unidades regionais de reestruturação de ativos do Banco do Brasil S.A.
Autor Matiello, Valmir
Orientador Janissek-Muniz, Raquel
Data 2007
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Curso de especialização a distância: Gestão de negócios financeiros - Banco do Brasil.
Assunto Banco do Brasil.
Gestão da informação
Portfólio
Satisfação do usuário
Sistemas de informação
Resumo O presente trabalho tem como tema a tecnologia da informação a serviço da gestão do portfólio de clientes nas URRs do Banco do Brasil. Está delimitado pela análise dos softwares ACP e CACS, em uso nas URRs. Justifica-se pela necessidade de investigar meios para melhorar a gestão do portfólio de clientes e, em conseqüência disso, aumentar a produtividade das URRs. Tem como objetivo principal avaliar se os sistemas de informação ACP e CACS estão contribuindo para a eficácia dos serviços das URRs. Como objetivo secundário, buscase estudar metodologias de avaliação de sistemas de informação; descrever benefícios desejáveis proporcionados por sistemas de informação, avaliar o grau de satisfação dos usuários dos sistemas e verificar o grau de adequação dos sistemas CACS e ACP, quanto ao atendimento das necessidades de gestão das carteiras de clientes e das URRs. Esta pesquisa pode ser classificada como um estudo quantitativo-descritivo, e utiliza o método estatístico para a obtenção, processamento e validação dos dados. O método empregado foi o de um levantamento de informações (survey) e a coleta de dados obedeceu à concepção dos estudos transversais. Como instrumentos de coleta, foram utilizados questionários auto-aplicáveis, preenchidos por funcionários das s. Responderam aos questionários, 33 funcionários. O questionário foi elaborado com 12 questões do modelo de Torkzadeh e Doll (1999) e mais 18 questões elaboradas a partir do referencial teórico. O instrumento foi formado por oito grupamentos, a partir de 29 afirmações respondidas em escala likert e adicionalmente, mais uma questão de múltipla escolha. Quanto ao desempenho, destaca-se com melhor nível de eficácia para o sistema ACP, o grupamento Controle Gerencial, com eficácia aproximada de 80% e Gestão, com moderada eficácia. Para o sistema CACS, o melhor desempenho ficou com os grupamentos Controle Gerencial e Gestão, que atingiram apenas moderada eficácia. Como ineficazes para ambos os sistemas, o grupamento Participação.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/14234
Arquivos Descrição Formato
000649817.pdf (357.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.