Repositório Digital

A- A A+

Conhecimento humano e ideia de afecção na ética de Espinosa

.

Conhecimento humano e ideia de afecção na ética de Espinosa

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Conhecimento humano e ideia de afecção na ética de Espinosa
Autor Levy, Lia
Resumo A tese de que o conceito espinosista de ideia de afecção, introduzido na Ética, expressa o sentido mais preciso do que seja, para o autor, o conceito de ideia da imaginação. Este texto pretende problematizar essa leitura, procurando fornecer subsídios para a hipótese de que ela não é nem inequivocamente corroborada pelo texto da Ética, nem exigida pela doutrina aí apresentada.
Abstract It is widely accepted by scholars that Spinoza’s concept of idea of affection, introduced in the Ethics, states his notion of the idea of imagination. In this paper I address this reading, claiming that it is not either unequivocally corroborated by the text of the Ethics, or required by the doctrine developed there.
Contido em Analytica. Rio de Janeiro, RJ. Vol. 17, n. 2 (2013), f. 221-247
Assunto Conhecimento
Ética
Experiência
Imaginação (Filosofia)
Spinoza, Baruch, 1632-1677
[en] Experience
[en] Idea of affection
[en] Imagination
[en] Knowledge
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/142377
Arquivos Descrição Formato
000944817.pdf (324.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.