Repositório Digital

A- A A+

Diversidade e potencial biotecnológico de leveduras e fungos semelhantes a leveduras isolados de folhas de figueiras do parque de Itapuã, RS, Brasil

.

Diversidade e potencial biotecnológico de leveduras e fungos semelhantes a leveduras isolados de folhas de figueiras do parque de Itapuã, RS, Brasil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Diversidade e potencial biotecnológico de leveduras e fungos semelhantes a leveduras isolados de folhas de figueiras do parque de Itapuã, RS, Brasil
Outro título Diversity and biotechnological potential of yeast and yeast-like fungi isolated from leaves of fig trees in Itapuã park, RS, Brazil
Autor Mautone, Juliana Nunes
Orientador Silva, Patrícia Valente da
Data 2008
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Ciências Básicas da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Microbiologia Agrícola e do Ambiente.
Assunto Figueira
Fungos
Leveduras
Resumo As figueiras são encontradas em abundância no Parque de Itapuã, onde interagem com diversos organismos superiores e, potencialmente, com microrganismos. Os objetivos do presente trabalho foram isolar, identificar e avaliar o potencial biotecnológico de leveduras e fungos semelhantes a leveduras associados ao filoplano de figueiras no Parque de Itapuã, Viamão, RS. Foram realizadas 6 coletas em diferentes pontos do Parque de Itapuã durante o ano de 2005 e 2006. Fragmentos das folhas foram submetidos a lavagens sucessivas com 0,5% Tween 20. Diluições decimais seriadas da última lavagem foram inoculadas em meio YM modificado e incubadas a 25°C por 5-7 dias. Representantes dos diferentes morfotipos foram purificados e identificados de acordo com características morfológicas e testes bioquímicos - fisiológicos. Foi testada a produção de enzimas de interesse industrial (amilase, celobiase, caseinase, gelatinase e esterase), além de toxinas “killer” pelos isolados. Dos 175 isolados obtidos, 125 são leveduras verdadeiras e 50 fungos semelhantes a leveduras. As 125 leveduras isoladas pertencem a 45 espécies, sendo oito de afinidade ascomicética e 37 de afinidade basidiomicética. Sete isolados tiveram as regiões D1/D2 do 26S rDNA seqüenciadas, sendo que quatro pertencem a duas espécies ainda não descritas do gênero Bullera. Dos 175 isolados 29,1% produziram amilase, 46,3% caseinase e 9,7% gelatinase. Foram testados 138 isolados para verificar a atividade de esterase, sendo 81,5% produtores da enzima. Das 126 cepas testadas para produção de celobiase, 74,8% produziram a enzima. Aproximadamente 4,5% dos isolados de leveduras e fungos semelhantes a leveduras apresentaram atividade “killer”. Assim sendo, o filoplano de figueiras demonstra ser um bom substrato para o isolamento de leveduras, inclusive de novas espécies. Estas leveduras demonstram ter potencial para contribuir efetivamente para a inovação biotecnológica.
Abstract The fig trees are found in abundance in the Itapuã Park, where they interact with various higher organisms and, potentially, with microrganisms. The objectives of this study were to isolate, identify and evaluate the biotechnological potential of yeasts and yeast-like fungi associated with phylloplane of fig trees in the Itapuã Park, Viamão, RS. Six samples were performed at different points in the Itapuã Park during 2005 and 2006. Leaf pieces were submitted to successive washings with 0.5% Tween 20. Decimal serial dilutions from the last washing were inoculated in modified YM medium and incubated at 25° C for 5-7 days. Representatives of the different morphotypes were purified and identified according to morphological characteristics, physiological and biochemical tests. We tested the production of industrially interesting enzymes (amylase, cellobiase, caseinase, gelatinase and esterase), besides the production of killer toxins. Of the 175 isolates obtained, 125 are yeasts and 50 yeast-like fungi. The 125 yeasts isolated belong to 45 species, eight with ascomycetic affinity and 37 with basidiomycetic affinity. Seven isolates had their 26S rDNA D1/D2 regions sequenced and four belong to two yet undescribed species of the genus Bullera. Of the 175 isolates, 29.1% were positive for amylase, 46.3% for caseinase and 9.7% for gelatinase. One hundred and thirty-eight isolates were tested for esterase activity, and 81.5% were producers of the enzyme. Of the 126 strains tested for the production of celobiase, 74.8% produced the enzyme. Approximately 4.5% of the isolates of yeasts and yeast-like fungi had "killer" activity. Therefore, the phylloplane of fig trees demonstrates to be a good substrate for the isolation of yeasts, including new species. These yeasts have the potential to contribute effectively to the biotechnological innovation.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/14247
Arquivos Descrição Formato
000660005.pdf (265.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.