Repositório Digital

A- A A+

Relação entre a autopercepção e os critérios normativos para avaliar a necessidade de tratamento ortodôntico em escolares de 15 a 19 anos no Estado do Rio Grande do Sul

.

Relação entre a autopercepção e os critérios normativos para avaliar a necessidade de tratamento ortodôntico em escolares de 15 a 19 anos no Estado do Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Relação entre a autopercepção e os critérios normativos para avaliar a necessidade de tratamento ortodôntico em escolares de 15 a 19 anos no Estado do Rio Grande do Sul
Outro título Relationship between the self concept and normative criteria to assess the need for orthodontic treatment in the 15 to 19 years school in the State of Rio Grande do Sul, Brazil
Autor Caume, Aline
Orientador Ferreira, Eduardo Silveira
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Odontologia. Curso de Odontologia.
Assunto Ortodontia
[en] Malocclusion
[en] Orthodontics
[en] Self Concept
Resumo Objetivos: o objetivo desse estudo é avaliar o nível de concordância entre a autopercepção com os critérios normativos utilizados para avaliar a necessidade de tratamento ortodôntico. Métodos: foi realizado um estudo transversal com 571 escolares entre 15 e 19 anos de idade em 14 municípios de diferentes portes populacionais e de diferentes macrorregiões do Estado do Rio Grande do Sul. Os critérios clínicos utilizados para determinar a necessidade normativa de tratamento ortodôntico foram preconizados pelo Índice de Estética Dental (DAI). O instrumento utilizado para avaliar a autopercepção da necessidade de tratamento foi o Componente Estético (AC) extraído do Índice de Necessidade de Tratamento Ortodôntico (IOTN). Resultados e Conclusões: Dos 571 adolescentes examinados, 52,7% (301) eram do sexo feminino e 47,3% (270) do sexo masculino. Em relação ao índice DAI, observou-se que 54,3% dos adolescentes apresentaram necessidade de tratamento ortodôntico, 29,9% com necessidade eletiva e 15,8% não apresentaram necessidade de tratamento. No entanto, na autopercepção dos adolescentes, obtidas pelo AC do IOTN, a maioria (94,4%), relatou não necessitar de tratamento, não havendo concordância entre a necessidade normativa e a percebida pelos adolescentes. Não houve associação estatística significativa entre sexo e a autopercepção segundo o índice AC do IOTN. Concluiu-se que mais da metade da população avaliada apresentou necessidade de tratamento ortodôntico e que não houve concordância entre autopercepção e a necessidade normativa de tratamento. Recomenda-se que estas avaliações devem ser associadas na indicação de tratamento, especialmente em saúde pública onde a demanda é maior que a oferta de serviços.
Abstract Objectives: the objective of this study is to evaluate the level of agreement between self perception concept and normative criteria used to assess the need for orthodontic treatment. Methods: a cross-sectional study was conducted with 571 school students between 15 and 19 years of age in the 14 cities of different population sizes and macro-regions in State of Rio Grande do Sul, Brazil. The clinical criteria used to determine the need for normative orthodontic treatment was recommended by the Dental Aesthetic Index (DAI). The instrument used to assess self perception of treatment need was the Aesthetic Component (AC) extracted from the Orthodontic Treatment Need Index (IOTN). Results and Conclusions: there were 52.7% (301) females and 47.3% (270) males between the 571 teenagers examined. In relation to DAI scores, 54.3% of the teens presented orthodontic treatment need, 29.9% with eletive need and 15.8% did not need treatment. The most majority of the adolescents (94,4%) said that they did not need to treatment (measured by AC of IOTN). There was no agreement between normative and self perceived need (kappa = 0,5). It was concluded that more than half of the scholars presented orthodontic treatment need and that it was not related to self perceived need. These reviews recommend that this avaliations should be associated in the indication of treatment, especially in public health where the demand is greater than the supply of services.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/142779
Arquivos Descrição Formato
000828876.pdf (1.058Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.