Repositório Digital

A- A A+

Anorexia e bulimia : uma perspectiva social

.

Anorexia e bulimia : uma perspectiva social

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Anorexia e bulimia : uma perspectiva social
Autor Ida, Sheila Weremchuk
Orientador Silva, Rosane Azevedo Neves da
Data 2008
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social e Institucional.
Assunto Corpo humano : Aspectos sociais
Estética
Imagem corporal
Sociedade contemporânea
Subjetividade
Transtornos alimentares
[en] Eating disorder
[en] Normal
[en] Pathologic
[en] Social psychology
[en] Subjetivation processes
Resumo A partir da problematização do conceito de Transtornos Alimentares, esta dissertação busca investigar a nossa relação com o corpo, colocando em discussão as práticas normativas que constituem nossos modos de vida. Diante de um certo padrão estético que associa o corpo com a beleza e a imagem de sucesso, pretendemos problematizar o contexto social no qual os Transtornos Alimentares vêm sendo produzidos. Para isso, utilizaremos como recorte a análise da anorexia e bulimia. De difícil tratamento e de grande morbidade, os sintomas dessa psicopatologia refletem uma preocupação excessiva com o peso, a imagem corporal e o medo de engordar. Nosso interesse é contribuir para essa discussão, saindo de uma perspectiva individualizante voltada para a jovem anorética e/ou bulímica e as interações disfuncionais do seu sistema familiar, passando a considerar os transtornos alimentares como um dispositivo que denuncia o extremismo na forma de pensar, sentir e experimentar o corpo em nossa sociedade. Assim, nosso objetivo é apresentar alguns subsídios que permitam deslocar essa questão do âmbito exclusivo da experiência individual para uma análise das práticas sociais de relação com o corpo que habitam a experiência contemporânea, entendendo os transtornos alimentares, na atualidade, como a exacerbação de um sintoma social.
Abstract Based on the problematization of the concept of eating disorders, this paper aims on the investigation of our relation with the body, discussing the normative practices that constitute our ways of life. From an esthetic standard that relates the body with the beauty and success, we intend to problematize the social context where the eating disorders have been produced. To achieve this objective, we base our study on the anorexia and bulimia analysis. The symptoms of this psychopathology of difficult treatment reflect an excessive worry about the weight, corporal image and of getting fatter. Our interest is to contribute to this discussion, leaving from an individual perspective focused on the anorectic and/or bulimic young and the dysfunctional interactions of his/her familiar system, shifting the focus to the eating disorders as a device that denunciates the extremism in the way of thinking, feeling and experiencing the body in our society. Therefore, our objective is to present some subsidies that allow us to dislocate this matter from the exclusive scope of individual experience to an analysis of the social practices of the relation with the body that resides the contemporary experience, considering the eating disorders in the present as the exacerbation of a social symptom.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/14279
Arquivos Descrição Formato
000656664.pdf (596.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.