Repositório Digital

A- A A+

Terapia gênica : ciência e educação

.

Terapia gênica : ciência e educação

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Terapia gênica : ciência e educação
Autor Burlamaque-Neto, Antônio Carlos
Orientador Giugliani, Roberto
Co-orientador Matte, Ursula da Silveira
Data 2011
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Ciências Básicas da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas: Bioquímica.
Assunto Ciências
Educação
História em quadrinhos
Pesquisa científica
Terapia gênica
Resumo Os laboratórios de pesquisa científica acadêmica na área da saúde são ambientes nos quais os estudantes vivenciam processos educacionais. A sistematização em estudos científicos dos conhecimentos relacionados a estes processos requer pesquisas que enfoquem os alunos, o que não é comum neste tipo de ambiente, onde o estudo dos objetos é predominante. Em conseqüência, as publicações científicas dos laboratórios de pesquisa científica acadêmica na área da saúde limitam-se majoritariamente aos experimentos, indicando que os conhecimentos produzidos pelos processos educacionais que ocorrem nestes laboratórios não estão sendo cientificamente sistematizados e compartilhados com os pares. A presente tese parte da pesquisa científica em terapia gênica para Gangliosidose GM1 em busca do enfoque no aluno para estudar os processos educacionais que ocorrem em um laboratório de pesquisa científica acadêmica na área da saúde. Seu objetivo é articular a relação entre sujeito que pesquisa e objeto pesquisado, problematizando, com base no referencial teórico de complexidade de Edgar Morin, a pesquisa qualitativa com enfoque em educação em ciências no Centro de Terapia Gênica do Hospital de Clínicas de Porto Alegre. Duas histórias em quadrinhos seqüenciais foram elaboradas para retratar protocolos de procedimentos científicos e implementadas em associação aos respectivos protocolos no processo de aprendizado destes procedimentos. A análise das entrevistas com os estudantes que participaram deste processo demonstram que as histórias em quadrinhos estimulam a memória e promovem a compreensão das relações entre os passos dos protocolos. As reflexões espontâneas destes estudantes sobre o aprender a fazer ciência e o método científico durante as entrevistas resultaram em um estudo subseqüente, no qual os estudantes foram entrevistados sobre a sua compreensão do método científico. As respostas refletem o fazer ciência dos entrevistados no laboratório, que se dá pela realização de projetos, constituindo uma compreensão reduzida sobre o método científico ao excluir o pensamento científico. O desconhecimento de autores relacionados à ciência em geral, que indica o desconhecimento das suas obras, as dificuldades em compreender atividades e questões que têm enfoque no sujeito e seus processos e o emprego estrito da objetividade para tratar de questões subjetivas refletem a não articulação entre objeto e sujeito e a separação das ciências. Atividades educativas de retorno foram realizadas para trabalhar os resultados com os entrevistados.
Abstract Health field academic science research laboratories are environments in which students experience educational processes. Scientific systematization of knowledge related to such processes requires research focusing the students, which are not common in this type of environment, where the study of objects major. Consequently, scientific publications from health field academic science research laboratories are mainly limited to objective bench experiments, indicating that the knowledge related to the educational processes that take place in these labs is not being scientifically systemized and shared with peers. The present thesis uses scientific research on gene therapy for GM1 Gangliosidosis in order to focus subjects and study the educational processes in a health field academic science research lab. The aim is to articulate the relationship between research subjects and objects, thereby developing, in regard to Edgar Morin’s complexity theoretical reference, qualitative research focusing science education at Centro de Terapia Gênica do Hospital de Clínicas de Porto Alegre. Two sequential cartoon stories that portrait scientific protocols were created and implemented in association to such protocols on the learning processes of related procedures. Analysis of participating students’ interviews demonstrated that cartoons stimulate memory and improve comprehension of relationship between protocols’ steps. Students’ reflections on science learning and scientific method resulted in a subsequent study, in which students were interviewed about their comprehension on the scientific method. Answers reflect their laboratory science making, which is resumed to scientific projects’ execution, leading to a reduced comprehension of the scientific method as scientific thinking is excluded. Lack of knowledge about science related authors in general, which indicates lack of knowledge of these author’ works, difficulties on comprehending activities that focus on subjects and their learning process, and strict use of objectivity in order to deal with subjectivity issues reflect the lack of articulation between object and subject and the separation of science in distinct fields. Feedback educational activities were created and implemented to work the results with interviewed students.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/142792
Arquivos Descrição Formato
000821868.pdf (9.939Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.