Repositório Digital

A- A A+

Acompanhantes de crianças hospitalizadas em unidade neonatal : preocupações e estratégias relacionadas à segurança do paciente

.

Acompanhantes de crianças hospitalizadas em unidade neonatal : preocupações e estratégias relacionadas à segurança do paciente

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Acompanhantes de crianças hospitalizadas em unidade neonatal : preocupações e estratégias relacionadas à segurança do paciente
Outro título Hospitalized children's companions in neonatal unit : concerns and strategies related to patient safety
Outro título Compañeros de niños hospitalizados en una unidad neonatal : preocupaciones e estrategias relacionadas a la seguranza del paciente
Autor Rodrigues, Fernanda Araújo
Orientador Pedro, Eva Néri Rubim
Data 2016
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem.
Assunto Criança hospitalizada
Cuidadores
Enfermagem neonatal
Segurança do paciente
[en] Caregivers
[en] Child hospitalized
[en] Neonatal nursing
[en] Patient safety
[es] Enfermería neonatal
[es] Niño hospitalizado
[es] Seguridad del paciente
Resumo O cuidado em saúde não é isento de risco e danos ocorrem apesar da intenção dos profissionais de proporcionar benefícios. Na Unidade de Internação Neonatal, há distintas circunstâncias que permeiam os riscos deste grupo de pacientes. O objetivo desta pesquisa foi analisar como o acompanhante identifica preocupações e estratégias relacionadas à segurança da criança hospitalizada em uma unidade neonatal. Trata-se de um estudo de caso exploratório, com abordagem qualitativa, desenvolvido na Unidade de Internação Neonatal, do Hospital de Clínicas de Porto Alegre. A coleta de informações aconteceu entre junho e agosto de 2015, após a aprovação pelo Comitê de Ética (nº 1.094.423). Foram realizadas entrevistas com 23 participantes, os quais eram acompanhantes de crianças hospitalizadas. O software QSR NVivo versão 10.0 foi utilizado para o processamento e a organização das informações, as quais foram submetidas à análise de conteúdo do tipo temática. Identificou-se que 16 participantes mencionaram 95 referências relacionadas a categoria Preocupações com a Segurança do Paciente, como falta de controle no acesso, comunicação deficiente, risco de infecção e outros aspectos relacionados à dinâmica de trabalho. Ainda, foi possível detectar 196 referências relacionadas a categoria Estratégias para a Segurança do Paciente, sendo que todos os acompanhantes referiram pelo menos uma, como: prestação de serviço com excelência, realização de cuidado com amor, e manutenção de ambiente protegido. A importância da inclusão do acompanhante no processo de cuidar foi reafirmada no final do estudo, corroborando com o fato de o familiar analisar como a equipe de saúde assiste à criança, sendo considerado parceiro no tratamento. Salienta-se como principais contribuições do estudo o reconhecimento da presença do acompanhante e a responsabilidade a ele atribuída na hospitalização, especialmente em neonatologia; a possível qualificação da assistência à criança hospitalizada, a partir da adoção de condutas, pelos profissionais de saúde, em conformidade com as estratégias descritas pelos participantes; e, consequentemente, o desenvolvimento de uma cultura de segurança.
Abstract The health care is not exempted of risk, and damage occurs besides health professionals’ intention of goodness. In the Neonatal Unit, several circumstances permeate the risks of this group of patients. The objective of this research was to analyze how the companion identifies concerns and strategies related to the safety of a child hospitalized in a neonatal unit. This study is an exploratory case study, which has a qualitative approach, developed at the Neonatal Care Unit of Hospital de Clínicas de Porto Alegre. Data collection happened from June to August of 2015, after the Ethics Committee approval (nº 1.094.423). Interviews with 23 participants were performed, who were companions of hospitalized children. The software NVivo version 10.0 was used for the processing and organization of the information, which was submitted to thematic analysis of content. Sixteen participants mentioned 95 references related to the category Concerns with Patients Safety, like the lack of access control, deficient communication, risk of infection and other aspects related to work dynamics. Still, 196 references related to the category Strategies for Patient Safety were detected, and all companions reported at least one strategy, like the excellent service provided, assistance provided with love, and maintenance of a safe environment. The importance of companion’s inclusion in the process of care was reaffirmed at the end of the study, confirming the fact that the relative analyzes how the staff assists the child, being considered a copartner during the treatment. It is possible to accentuate as major contributions of the study the acknowledgement of the companion’s presence and the responsibility attributed to him/her during the hospitalization, especially in neonatology; the possible qualification of the assistance to the hospitalized child, from the adoption of conducts by health professionals, in conformity to the participants’ strategies; and, consequently, the development of a safety culture.
Resumen El cuidado en salud no es libre de riesgos, y daños ocurren a pesar de la intención de los profesionales de proporcionar beneficios. En la Unidad de Internación Neonatal, hay distintas circunstancias que permean los riesgos de este grupo de pacientes. El objetivo de esta pesquisa fue analizar como el compañero identifica preocupaciones y estrategias relacionadas a la seguranza del niño hospitalizado en una unidad neonatal. Este es un estudio de caso exploratorio, con abordaje cualitativa, desarrollado en la Unidad de Admisión Neonatal del Hospital de Clínicas de Porto Alegre. La recolecta de informaciones ocurrió entre junio a agosto de 2015, después de la aprobación del Comité de Ética (nº 1.094.423). Fueron realizadas entrevistas con 23 participantes, los cuales eran compañeros de niños hospitalizados. El Software QSR NVivo versión 10.0 fue utilizado para el procesamiento y la organización de las informaciones, las cuales fueron sometidas al análisis de contenido del tipo temática. Se identificó que 16 participantes mencionaron 95 referencias relacionadas con la categoría Preocupación por la Seguridad del Paciente, como la falta de control de acceso, la falta de comunicación, el riesgo de infección y otros aspectos relacionados con la dinámica de trabajo. Aún así, fue posible detectar 196 referencias relacionadas con la categoría Estrategias para la Seguridad del Paciente, y todos los compañeros presentaron al menos una, tales como: provisión de un servicio com excelencia, cuidar con amor, y el mantenimiento de un entorno seguro. La importancia de la inclusión del compañero en el proceso de cuidar fue reafirmada en el final del estudio, confirmando el facto del familiar analizar como el equipo de salud asiste el niño, siendo considerado socio en el tratamiento. Es posible estresar como principales contribuciones del estudio el reconocimiento de la presencia del compañero y la responsabilidad atribuida a él en la hospitalización, especialmente en neonatología; la posible cualificación de asistencia al niño hospitalizado, a partir de la adopción de conductas, por los profesionales de salud, en conformidad con las estrategias descriptas por los participantes; y, consecuentemente, el desarrollo de una cultura de seguranza.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/142807
Arquivos Descrição Formato
000994882.pdf (1.228Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.