Repositório Digital

A- A A+

Modelos de interoperabilidade em ferramentas de catalogação para coleções pessoais de mídia digital

.

Modelos de interoperabilidade em ferramentas de catalogação para coleções pessoais de mídia digital

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Modelos de interoperabilidade em ferramentas de catalogação para coleções pessoais de mídia digital
Autor Mulinari, Arthur Pochmann
Orientador Rocha, Rafael Port da
Data 2012
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação. Curso de Biblioteconomia.
Assunto Base de dados
Metadados
Mídia digital
[en] Databases
[en] Digital Media
[en] Interoperability
[en] Metadata
[en] Personal Collections
Resumo Este trabalho tem o objetivo de analisar modelos de interoperabilidade adotados por ferramentas que automatizam a catalogação de coleções pessoais de músicas, vídeos e livros digitais. A metodologia empregada é uma combinação da pesquisa bibliográfica com a documental. Utiliza como instrumento de coleta dos dados o formulário, o qual aplica sobre três softwares: Clementine, XBMC e Calibre. Constata pela revisão de literatura e de documentos que os componentes do processo automatizado são três: a coleção digital, a fonte de informações on-line e os modelos de interoperabilidade. Classifica tais modelos em: busca federada, colheita e raspagem. Conclui, pela análise dos dados, que, no âmbito não tradicional das coleções pessoais, os modelos de interoperabilidade são implementados através de soluções de baixo custo não padronizadas, transferindo dados através da interface homem-máquina – característica da raspagem – sem garantias de disponibilidade da interoperabilidade com as fontes de informação on-line. Recomenda, aos desenvolvedores desse tipo de software, implementar os elementos faltantes do ISBD, salvar sempre os novos metadados descritivos diretamente nos arquivos, integrar a ferramenta às bases de dados de referência on-line.
Abstract This work aims to analyze interoperability models adopted by tools that automate the personal collection of video, music and digital book’s cataloguing. The methodology used is a combination of literature with the documentary research. It uses a form as an instrument of data collection, which it applies on three softwares: Clementine, XBMC and Calibre. It notes by the literature and document review that the components of the automated process are three: a digital collection, the source of online information and the interoperability model. It classifies these models: federated search, harvesting and scraping. It concludes, by the data analysis, that under nontraditional personal collections the interoperability models are implemented through low-cost non standard solutions, transferring data through the man-machine interface – characteristic of scraping – without assuring availability of interoperability with the sources of online information. It recommends to the developers of such softwares to implement the missing elements of the ISBD, always save the new files directly in the descriptive metadata and to integrate the tool with the online reference databases.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/142846
Arquivos Descrição Formato
000855775.pdf (15.76Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.