Repositório Digital

A- A A+

Análises salivares e microbiológicas de pacientes obesos submetidos à cirurgia bariátrica

.

Análises salivares e microbiológicas de pacientes obesos submetidos à cirurgia bariátrica

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Análises salivares e microbiológicas de pacientes obesos submetidos à cirurgia bariátrica
Outro título Salivary analysis of obese patients undergoing bariatric surgery
Autor Bastos, Lucelen Fontoura
Orientador Hashizume, Lina Naomi
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Odontologia. Curso de Odontologia.
Assunto Bacteriologia bucal
Obesidade
Saliva
Saliva : Composicao
[en] Bariatric surgery
[en] Morbid obesity
[en] Oral biochemistry and microbiology
[en] Oral health
Resumo A obesidade é uma doença crônica e multifatorial cuja prevalência vem aumentando rapidamente e pode ter conseqüências importantes na saúde bucal. A saliva tem um papel importante na saúde bucal e a avaliação de seus aspectos bioquímicos e microbiológicos poderia auxiliar na verificação do estado de saúde bucal de pacientes obesos. O objetivo do presente estudo foi avaliar as condições salivares de pacientes com obesidade mórbida antes e após serem submetidos à cirurgia bariátrica. A amostra foi constituída de 25 pacientes com diagnóstico de obesidade mórbida, que realizaram a cirurgia bariátrica no Hospital Nossa Senhora da Conceição. Foram analisadas da saliva destes pacientes: a velocidade de fluxo salivar estimulado, o pH, a capacidade tampão, os níveis de estreptococos do grupo mutans, Lactobacillus spp. e Candida albicans, antes e após 6 meses da realização da cirurgia. A análise estatística foi realizada através do teste t de Student e pelo teste não paramétrico de Wilcoxon. Os resultados obtidos (média ± desvio padrão) antes e após a cirurgia bariátrica, respectivamente foram: velocidade de fluxo salivar estimulado 1,27 ± 0,54 e 1,35 ± 0,66 mL/minuto; pH salivar 7,00 ± 0,65 e 7,00 ± 0,65; capacidade tampão 4,54 ± 0,58 e 4,4 ± 0,70; níveis de estreptococos do grupo mutans 4,85 ± 1,03 e 5,37 ± 0,75 log10 UFC/mL; níveis de Lactobacillus spp. 3,76 ± 1,20 e 3,89 ± 1,16 log10 UFC/mL; e níveis de Candida albicans 3,12 ± 0,88 e 2,81 ± 0,77 log10 UFC/mL. Os resultados demonstram que dentre todas as variáveis avaliadas houve um aumento somente nos níveis de estreptococos do grupo mutans após 6 meses de cirurgia (p = 0,01). As outras variáveis analisadas não sofreram alteração significativa, entretanto foram observados. Os resultados sugerem que pacientes obesos mórbidos apresentam níveis elevados de Candida albicans na saliva tanto antes como após a cirurgia bariátrica. Além disso, um aumento nos níveis de estreptococos do grupo mutans na saliva é verificado após a cirurgia bariátrica. Portanto, atenção especial deve ser dada a este grupo de pacientes para que sejam monitoradas as possíveis manifestações bucais relacionadas a estes micro-organismos.
Abstract Obesity is a chronic multifactorial disease whose prevalence is increasing rapidly and may have important consequences on oral health. Saliva has an important role in oral health and assessment of biochemical and microbiological aspects could help to check the dental health of obese patients. The aim of this study was to evaluate the conditions of salivary morbidly obese patients before and after undergoing bariatric surgery. The sample consisted of 25 patients diagnosed with morbid obesity who underwent bariatric surgery at the Hospital Nossa Senhora da Conceição. We analyzed the saliva of these patients, the stimulated salivary flow rate, pH, buffering capacity, levels of mutans streptococci, Lactobacillus spp. and Candida albicans before and after 6 months of surgery. Statistical analysis was performed using the Student t test and the Wilcoxon nonparametric test. The results (mean ± standard deviation) before and after bariatric surgery, respectively, were: stimulated salivary flow rate 1.27 ± 0.54 and 1.35 ± 0.66 mL / min, pH 7.00 ± 0.65 and 7.00 ± 0.65; buffering capacity 4.54 ± 0.58 and 4.4 ± 0.70; levels of mutans streptococci 4.85 ± 1.03 and 5.37 ± 0.75 log10 CFU / mL, levels of Lactobacillus spp. 3.76 ± 1.20 and 3.89 ± 1.16 log10 CFU / mL, and levels of Candida albicans 3.12 ± 0.88 and 2.81 ± 0.77 log10 CFU / mL. The results show that among all variables was only an increase in the levels of mutans streptococci after 6 months of surgery (p = 0.01). The variables did not change significantly, however were observed. The results suggest that morbidly obese patients have high levels of Candida albicans in saliva before and after bariatric surgery. In addition, increased levels of mutans streptococci in saliva is checked after bariatric surgery. Therefore, special attention should be given to this group of patients in order to monitor the possible oral manifestations related to these micro-organisms.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/142864
Arquivos Descrição Formato
000829193.pdf (1.447Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.