Repositório Digital

A- A A+

Inventário dos anuros do Parque Natural Municipal Tupancy, Arroio do Sal, Norte da Planície Costeira do Rio Grande do Sul, Brasil

.

Inventário dos anuros do Parque Natural Municipal Tupancy, Arroio do Sal, Norte da Planície Costeira do Rio Grande do Sul, Brasil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Inventário dos anuros do Parque Natural Municipal Tupancy, Arroio do Sal, Norte da Planície Costeira do Rio Grande do Sul, Brasil
Autor Souza, Camila Camargo de
Orientador Martins, Márcio Borges
Co-orientador Fonte, Luis Fernando Marin da
Data 2012
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Biociências. Curso de Ciências Biológicas: Ênfase em Biologia Marinha e Costeira: Bacharelado.
Assunto Anuros
Fauna
Parque Natural Municipal Tupancy (Arroio do Sal, RS)
Resumo A realização de inventários é fundamental na pesquisa com anfíbios no Rio Grande do Sul (RS), agregando informações acerca da diversidade, distribuição e uso de hábitats desses animais. Além disso, é o primeiro passo para a elaboração de planos de manejo, gerenciamento e monitoramento de unidades de conservação ou mesmo para a criação de novas áreas a serem preservadas, auxiliando na proteção das espécies desse grupo, as quais têm sofrido com a perda dos hábitats e poluição dos mesmos, principalmente devido à permeabilidade da pele. O Parque Natural Municipal Tupancy (PNMT; 29°29'19.25"S, 49°50'36.02"O), localizado no município de Arroio do Sal, Planície Costeira do Estado do RS, é uma Unidade de Conservação de 21 ha destinada à preservação dos ecossistemas naturais da região costeira e da Mata Atlântica do Rio Grande do Sul, compreendendo ambientes como remanescentes de vegetação de restinga, banhados, lagoas, campos arenosos e dunas, bem como flora e fauna associadas. Considerando a importância de estudos em regiões de vegetação nativa ainda preservada (escassas na região), a vulnerabilidade dos anfíbios a impactos ambientais, e a carência de conhecimento de diversos âmbitos como distribuição geográfica, história natural, história de vida e ecologia; o presente estudo objetivou inventariar as espécies de anfíbios anuros no PNMT, caracterizando a riqueza e composição das espécies para que se possa contribuir com informações sobre a distribuição desse grupo no Parque. Para isso, foram amostradas cinco áreas (Mata de Restinga; Campos Arenosos e Dunas; entorno da Lagoa de Banho; margem sudeste da Lagoa do Remanso; e a região da Lagoa Tupancy). O inventário seguiu os métodos de amostragem por procura visual e transecções auditivas. As amostragens estenderam-se de junho de 2011 a maio de 2012 totalizando 17 campanhas com duração média de três horas. Foi elaborada uma listagem de 17 espécies de anuros pertencentes a seis famílias: Hylidae (7 spp.), seguida de Leiuperidae (5 spp.), Leptodactylidae (2 spp.), Microhylidae (1 spp.), Bufonidae (1 spp.) e Cycloramphidae (1 spp.). O período de amostragens de agosto de 2011 a fevereiro de 2012 apresentou a maior representatividade de espécies, sendo que a partir de janeiro não houve incremento de novas espécies. Em comparação às demais localidades inventariadas na Planície Costeira, o inventário do PNMT apresentou uma riqueza e composição de espécies dentro do esperado, a qual corresponde à aproximadamente 18% das espécies já descritas para o RS.
Abstract A species inventories is crucial to the research of amphibian in the State of Rio Grande do Sul (RS), adding information about the diversity, distribution and life’s habits of these animals. Besides is the initial step in developing management plans for protected areas to be preserved, succouring in the protection of the species of these group, which have been suffering with the lost of habitats and pollution, essentially because the skin permeability. The Parque Natural Municipal Tupancy (PNMT; 29 ° 29'19 .25 "S, 49 ° 50'36 .02" W), located in the municipality of Arroio do Sal, in the Coastal Plain of Rio Grande do Sul, is a protected area of 21 ha aimed to preserve restinga forest remnants, marshes, ponds, and sand dunes. Considering the importance of studies in areas of native vegetation still preserved, the vulnerability of amphibians to environmental impacts and the lack of knowledge on such subjects of several areas like geographic distribution, natural history, life history and ecology, this study aimed the species inventory of anuran amphibians present in PNMT, featuring the richness and species composition of this group. We sampled five types of environments (Restinga Forest, Sandy Dunes Fields; around the Lagoa de Banho; Southeast edge of Lagoa do Remanso, and the region of Lagoa Tupancy). The survey followed the methods of sampling and visual encounter and audio transects. Samples spread from June 2011 to May 2012, totaling 17 surveys, expeditions with an average of three hours each. We have registered 17 frog species belonging to six families: Hylidae (7 spp.), Followed by Leiuperidae (5 spp.), Leptodactylidae (2 spp.), Microhylidae (1 spp.), Bufonidae (1 spp.) and Cycloramphidae (1 spp.). Compared with other locations in the Coastal Plain, the inventory of PNMT showed a richness and composition of species within the expected range, which corresponds to approximately 18% of the species already described for the RS. The sampling period August 2011 to February 2012 had the highest representation of species, demonstrating the influence of temperature on the activity of these individuals, and after January there was no increase of new species.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/142917
Arquivos Descrição Formato
000871160.pdf (2.243Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.