Repositório Digital

A- A A+

Taxonomia, filogeografia e história evolutiva de quatro espécies de plantas do bioma Pampa : uma contribuição para o conhecimento da biodiversidade e conservação da área

.

Taxonomia, filogeografia e história evolutiva de quatro espécies de plantas do bioma Pampa : uma contribuição para o conhecimento da biodiversidade e conservação da área

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Taxonomia, filogeografia e história evolutiva de quatro espécies de plantas do bioma Pampa : uma contribuição para o conhecimento da biodiversidade e conservação da área
Autor Mader, Geraldo
Orientador Freitas, Loreta Brandao de
Data 2012
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Biociências. Programa de Pós-Graduação em Genética e Biologia Molecular.
Assunto Biodiversidade
Calibrachoa heterophylla
Pampa, Região
Senecio ceratophylloides
Senecio crassiflorus
Senecio madagascariensis
Resumo O Pampa, um dos seis biomas representado no Brasil, abrange regiões campestres também na Argentina e Uruguai. No sul do Brasil, o Pampa é usualmente dividido em quatro regiões fisiográficas: Campanha, Depressão Central, Serra do Sudeste e Planície Costeira. A variação do substrato geológico e da altitude contribuem para a diversidade da composição florística da região. Além disso, o Pampa pode ser considerado um mosaico de vegetação devido às conexões com outros biomas. Atualmente, a introdução de espécies exóticas e a implantação da indústria de reflorestamento representam ameaças consideráveis ao Pampa. A possibilidade de utilização de técnicas moleculares como o sequenciamento e a genotipagem de microssatélites têm possibilitado de maneira eficaz a interpretação de cenários evolutivos, como o tempo e o padrão de divergência entre as populações de uma mesma espécie ou de espécies relacionadas. Neste trabalho investigamos padrões de diversificação genética no Pampa em três estudos de caso: uma espécie endêmica e vulnerável (Calibrachoa heterophylla), uma espécie exótica e invasiva (Senecio madagascariensis) e duas espécies nativas de difícil determinação taxonômica (Senecio crassiflorus e Senecio ceratophylloides). A partir dos resultados deste trabalho observamos que enquanto C. heterophylla, S. crassiflorus e S. ceratophylloides sofrem com as alterações ambientais no Pampa, espécies oportunistas como Senecio madagascariensis se aproveitam da reduzida competitividade para se espalharem por ambientes alterados. Análises moleculares e morfológicas nos permitiram compreender diversos aspectos acerca da história evolutiva das espécies estudadas. As experiências adquiridas ao interpretar os resultados do presente trabalho sugerem que abordagens genéticas e morfológicas têm grande importância e em conjunto são excelentes ferramentas complementares para estudos taxonômicos. Os dados populacionais e filogeográficos obtidos aqui podem contribuir para o estabelecimento de estratégias de conservação das espécies. Em contrapartida, esses dados também podem ter grande utilidade na tomada de medidas para conter o avanço de espécies invasoras.
Abstract The Pampa, one of the six biomes represented in Brazil, covers grasslands regions in Argentina and Uruguay. In southern Brazil, the Pampa is usually divided into four physiographic regions: Campanha, Central Depression, Serra do Sudeste and Coastal Plain. The variation of geological substrate and altitude contribute to the floristic diversity of the region. In addition, the Pampa can be considered a mosaic of vegetation due to connections with other biomes. Currently, the introduction of exotic species and implementation of forestry industry represent significant threats to the Pampa. The possibility of using molecular techniques such as sequencing and microsatellites genotyping have effectively allowed the interpretation of evolutionary scenarios, such as time and divergence pattern among populations of the same species or related species. In this paper we investigate patterns of genetic diversification in Pampa on three case studies: an endemic and vulnerable herb (Calibrachoa heterophylla), an exotic and invasive weed (Senecio madagascariensis) and two native species taxonomically complex (Senecio crassiflorus and Senecio ceratophylloides). From the results of this study we found that while C. heterophylla, S. crassiflorus and S. ceratophylloides suffer with environmental changes in Pampa, opportunistic species such as Senecio madagascariensis take advantage of reduced competition for spread to disturbed habitats. Molecular and morphological analyzes allowed us to understand several aspects about the evolutionary history of the species studied and the expertise gained when interpreting the results of this study have suggested that both, genetic and morphological approaches, are important and together are useful tools for taxonomic studies. The phylogeographic and population data obtained here may contribute to the establishment of strategies for conservation of species. These data can also be very important to control the spread of invasive species.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/142939
Arquivos Descrição Formato
000855119.pdf (6.953Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.