Repositório Digital

A- A A+

A Emoção na reportagem de televisão : as qualidades estéticas e a organização do enquadramento

.

A Emoção na reportagem de televisão : as qualidades estéticas e a organização do enquadramento

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A Emoção na reportagem de televisão : as qualidades estéticas e a organização do enquadramento
Autor Gadret, Débora Thayane de Oliveira Lapa
Orientador Benetti, Márcia
Data 2016
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação. Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Informação.
Assunto Discurso jornalístico
Emoção
Jornalismo
Reportagem
Telejornalismo
[en] Aesthetic qualities
[en] Discourse
[en] Emotion
[en] Framing
[en] Journalism
[en] News report
[en] Television
[en] TV news
Resumo Esta tese investiga como a emoção constitui o discurso jornalístico. A partir da premissa de que a emoção desempenha vários papéis na tomada de decisão dos sujeitos, a pesquisa se insere em um novo paradigma dentro dos estudos em jornalismo: aquele que entende a emoção como um conceito com valor epistemológico, pois a compreende como parte intrínseca da atividade jornalística e de seus discursos. O telejornalismo, em especial a reportagem de TV, é objeto desta investigação, devido às características da televisão como uma tecnologia de intimidade, com qualidades estéticas que convidam o telespectador a sentir. A tese parte da seguinte hipótese: a construção discursiva da reportagem de TV está ancorada nas qualidades estéticas da televisão, que acionam a emoção como eixo de produção de sentidos; nesse processo, a emoção organiza o enquadramento da reportagem por meio da articulação de uma avaliação moral. A metodologia utilizada é a Análise de Discurso, e o corpus é constituído por 18 reportagens do Jornal Nacional, o telejornal brasileiro de referência. Considerou-­‐se cada uma das emoções universais (tristeza, raiva, surpresa, medo, aversão, desprezo e alegria) como uma formação discursiva, com sentidos mais ou menos estáveis. O objetivo principal é compreender como a emoção organiza a construção do enquadramento da reportagem de televisão. A análise comprova que as qualidades estéticas da reportagem acionam a emoção como eixo produtor de sentidos de duas formas: construindo emoções principais de forma explícita, que dominam a organização do enquadramento por meio da expressão de avaliações morais que parecem não levantar dissensos culturais; e propondo emoções de fundo de forma implícita, que sugerem sua inscrição em uma emoção apenas pela indicação de uma avaliação moral, de um gatilho ou tema vinculado àquela formação discursiva. Sobre as funções das qualidades estéticas, a análise demonstra: a) sobre sujeitos e suas performances: a performance dos apresentadores pode introduzir ou reforçar a emoção principal de uma reportagem, ou pode indicar ou pontuar a emoção de fundo; a performance dos repórteres mostra ou promove a emoção principal; e a performance das fontes encarna a emoção principal; b) sobre a dimensão audiovisual: os planos e a edição de imagem são capazes de evidenciar a emoção principal, ou de propor ou autenticar uma emoção; os efeitos visuais podem autenticar uma emoção; e o som pode potencializar a emoção principal; c) sobre a dimensão verbal: quando associada aos sujeitos, a enunciação dos repórteres e apresentadores pode contextualizar a emoção principal ou sugerir uma emoção de fundo, e a enunciação das fontes pode contextualizar ou ser o alvo de uma emoção; quando associada às imagens, o texto pode narrar, apontar ou contextualizar uma emoção. Finalmente, a partir da análise do enquadramento – através da definição do problema, da interpretação causal, da avaliação moral e da recomendação de tratamento construídos no discurso da reportagem –, conclui-­‐se que, de forma explícita ou implícita, o enquadramento depende da emoção como eixo de produção de sentidos para conformar-­‐se. É ao articular a avaliação moral que a emoção organiza o frame, o que comprova a hipótese inicial. Esse processo depende dos temas e gatilhos da emoção, de mapas culturais supostamente compartilhados e de saberes de crença supostamente consensuais. A tese está disposta em dois volumes. O primeiro contém a tese propriamente dita. O segundo traz um apêndice com a decupagem das reportagens.
Abstract This thesis investigates how emotion constitutes journalistic discourse. Based on the premise that emotion plays multiple roles in the process of making decisions, this research is part of a new paradigm in journalism studies: one that understands emotion as a concept of epistemological value, since it approaches it as an intrinsic part of journalistic activity and its discourses. Television news, particularly TV news reports, is the object of this investigation, due to this device being a technology of intimacy, with aesthetic qualities that invite the viewers to feel. The thesis has the following hypothesis: the discursive construction of TV news reports is anchored in the aesthetic qualities of television, which sets emotion as an axis of meaning; in this process, emotion organizes the framing of the report through the articulation of a moral evaluation. The methodology employed is Discourse Analysis, and the corpus is composed of 18 television news reports by Jornal Nacional, a Brazilian reference newscast. Each universal emotion (sadness, anger, surprise, fear, disgust, contempt and joy) was considered as a discursive formation, with meanings more or less stable. The main objective of the thesis is to understand how emotion organizes the construction of a frame in a TV news report. The analysis proves that the aesthetic qualities of the report set emotion as an axis of meaning in two different ways: constructing main emotions explicitly, which dominate the organization of frames through the expression of moral evaluations that don’t evoke cultural dissent; and proposing background emotions implicitly, suggesting the inscription in an emotion just by pointing out a moral evaluation, a trigger or a theme connected to that discursive formation. In relation to the functions of the aesthetic qualities, the analysis demonstrates: a) about subjects and their performances: presenters introduce or reinforce main emotions, and indicate or punctuate background emotions; reporters show or promote main emotions; and sources embody main emotions; b) about audio-­‐visual dimension: camera frames and editing evidence main emotions, or offer and authenticate emotions; visual effects authenticate emotions; and sound potentiates main emotion; c) about verbal dimension: when bound to subjects, enunciation by reporters or presenters contextualise main emotions or suggest background emotions, and enunciation by sources contextualise or are target of emotion; when bound to images text can narrate, point or contextualise emotions. Finally, frame analysis showed that – through problem definition, causal interpretation, moral evaluation and/or treatment recommendation – explicitly or implicitly, framing depends upon emotion as an axis of meaning to be conformed. It is by articulating a moral evaluation that emotion organizes the frame, which proves our initial hypothesis. This process depends on themes and triggers of emotion, on allegedly shared cultural maps and on allegedly consensual beliefs. This thesis is divided in two volumes. The first one contains the research itself. The second is an appendix, with the transcription of the corpus.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/143019
Arquivos Descrição Formato
000995945.pdf (2.772Mb) Volume 1 Adobe PDF Visualizar/abrir
000995945-02.pdf (11.35Mb) Volume 2 Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.