Repositório Digital

A- A A+

Avaliação da territorialização e população de referência das equipes de atenção básica no Brasil : um estudo elaborado a partir do primeiro ciclo de avaliações do PMAQ

.

Avaliação da territorialização e população de referência das equipes de atenção básica no Brasil : um estudo elaborado a partir do primeiro ciclo de avaliações do PMAQ

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação da territorialização e população de referência das equipes de atenção básica no Brasil : um estudo elaborado a partir do primeiro ciclo de avaliações do PMAQ
Autor Ribeiro, Daniela Tozzi
Orientador Teixeira, Luciana Barcellos
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Curso de Saúde Coletiva: Bacharelado.
Assunto Atenção primária à saúde
Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica
Territorialização
Resumo O presente trabalho discute as questões relativas à territorialização e à população de referência no âmbito da atenção básica a partir dos dados do Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade, considerando as respostas dadas pelos profissionais no módulo II do instrumento de avaliação durante o primeiro ciclo do programa. A análise dessa temática é significativa e possui o intuito de verificar a organização da atenção, da rede de serviços e das práticas sanitárias locais a fim de identificar os riscos e vulnerabilidades apresentadas por cada população para que as intervenções de saúde sejam mais eficientes e eficazes. A metodologia utilizada se refere à verificação das questões elaboradas no PMAQ, as quais transformaram-se em variáveis de um banco de dados criado no Programa Excel®. A análise estatística desses dados foi transportada para o Programa SPSS® (Statistical Package for the Social Sciences) versão 20. Os resultados demonstram o quanto alguns aspectos sobre a territorialização ainda são pouco explorados. Os dados também refletem o quanto é frágil o acesso aos serviços para a população que não é referenciada. Além disso, também inexistem olhares para peculiaridades do território que deveriam ser consideradas para a devida caracterização da população e dos problemas de saúde por ela enfrentados.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/143098
Arquivos Descrição Formato
000992296.pdf (599.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.